Blogueira critica jornal que fez body shaming com suas amigas

A italiana Chiara Ferragni usou as redes sociais para rebater a publicação e passar uma mensagem sobre a importância de se combater o problema

Por Da Redação Atualizado em 16 jul 2018, 17h12 - Publicado em 16 jul 2018, 17h08

No final de semana, Chiara Ferragni curtiu muito sua despedida de solteira com as amigas em Ibiza. No sábado (14/7), porém, o jornal italiano Corriere Della Sera atrapalhou um pouco a alegria da viagem. Em uma manchete, o veículo descreveu as amigas da blogueira italiana como “redondas”, além de dizer que, “mesmo que elas não estivessem magras ou em forma”, estavam felizes. Oi? Chiara não demorou para rebater o body shaming. 

  • No Instagram, a blogueira italiana publicou uma foto dela e de suas amigas na praia, vestindo maiôs, e compartilhou uma mensagem importante sobre aceitação e autoconfiança. 

    View this post on Instagram

    My friends have been described as “fat” by the biggest italian newspaper. Please swipe and comment your thoughts. Full story on my stories #BodyShamingIsForLosers #ChiaraTakesIbiza

    A post shared by Chiara Ferragni ✨ (@chiaraferragni) on

    Continua após a publicidade

    Chiara escreveu que achou a atitude do jornal nojenta, principalmente quando tantas meninas estão lutando para se aceitar. Ressaltou que, como uma pessoa que é modelo para muitas garotas, sempre tentou compartilhar mensagens para que elas se sentissem confiantes. E, por isso, ficou tão chocada com a manchete. “Ser diferente é lindo. Não ser perfeito é lindo. Se sentir confiante é lindo. Não deixe os outros te derrubarem ou te dizerem quem você é NUNCA”. Ela ainda usou a hashtag #BodyShamingIsForLosers (Body shaming é para perdedores, em português).

    resposta-body-shaming-chiara-ferragni
    Após repercussão, jornal alterou as manchetes e Chiara expôs tudo nas redes sociais Instagram/Reprodução

    Após a resposta da italiana, o jornal alterou o título da matéria, trocando a palavra “redondas” por “atléticas”, e, depois, eliminou essa parte do texto. A blogueira, no entanto, expôs a tentativa do veículo de ~amenizar~ a situação.

    Alguns pontos merecem destaque nisso tudo: 1. As amigas de Chiara não são gordas (ou “redondas”). 2. E se fossem? Infelizmente, ainda vivemos em um mundo em que a característica “gorda” é usada com um sentido negativo – e isso precisa mudar. 3. Qual a relevância da forma do corpo dessas garotas para a matéria em questão? 4. Body shaming tem a ver com qualquer crítica relacionada ao corpo de uma pessoa (gorda, magra, alta, baixa…), e deve, sim, ser combatido.

    O que achou da história? 

    Continua após a publicidade
    Publicidade