Billie Eilish diz ter vivido uma “relação horrível com seu corpo” por anos

A cantora relembrou de episódios radicais em que deixou de comer ou até tomou remédio para emagrecer

Por Da Redação 27 jan 2021, 10h25

Muito já foi discutido sobe o estilo baggy de Billie Eilish e as inseguranças que a cantora tinha em relação ao seu corpo. Em diversos momentos, ela já disse que usa as roupas largas como uma maneira de esconder a sua forma física para que ela não seja sexualizada e também criticada. Porém, em entrevista à revista norte-americana Vanity Fair, da qual é capa da edição de março, a artista foi além em suas revelações e contou que, por anos, teve uma “relação horrível com o seu corpo”.

No bate-papo com a publicação, Billie relembrou quando uma foto sua usando uma top branco justo, peça diferente das t-shirts largas que estamos acostumados a vê-la vestindo, viralizou na internet e muita gente começou a falar sobre o seu corpo e até criticá-lo. “Eu acho que as pessoas ao meu redor ficaram mais preocupadas com isso do que eu, porque a razão pela qual eu costumava me cortar era por conta do meu corpo. Para ser bem honesta com você, eu só comecei a usar peças largas por conta do meu corpo“, falou.

A cantora também falou sobre a evolução da sua relação com a sua forma física e como hoje está lidando melhor com isso. “Eu fiquei muito, muito feliz que eu estou neste lugar da minha vida, porque se isso tivesse acontecido três anos atrás, quando eu estava no meio da minha horrível relação com o meu corpo – ou dançando muito cinco anos atrás, eu não estava realmente comendo. Eu estava passando fome.” Billie sofreu uma lesão no quadril durante a adolescência, o que a fez precisar desistir do sonho de virar uma dançarina profissional e piorou o seu quadro de depressão e baixa autoestima.

Billie relembrou alguns momentos difíceis que enfrentou com a sua dismorfia corporal. “Eu lembro de tomar um remédio uma vez que diziam que iria me ajudar a perder peso, mas ele só fez com que eu fizesse xixi na cama. Eu tinha 12 anos quando isso aconteceu. É apenas inacreditável.” Sobre as fotos e comentários das pessoas sobre seu corpo, ela completou: “Eu pensei que eu seria a única lidando com o meu ódio ao meu corpo, mas, pelo visto, a internet também odeia o meu corpo. Isso é ótimo.”

Em maio de 2020, durante sua turnê mundial Where Do We Go? World Tour, a cantora exibia logo no início da apresentação um vídeo chamado Não É Minha Responsabilidade, no qual tirava suas roupas enquanto proclamava uma mensagem sobre autoestima, body shaming e padrões de beleza.“Você me conhece? Realmente me conhece? Você tem opiniões sobre minhas opiniões, sobre a minha música, as minhas roupas, sobre o meu corpo. Algumas pessoas odeiam o que eu visto, algumas pessoas elogiam, algumas pessoas usam para criticar os outros, algumas pessoas usam para me criticar“, dizia parte da mensagem.

A artista está se preparando para o lançamento do seu documentário The World’s a Little Blurry, em parceria com a Apple TV+, que trará diversos momentos difíceis de sua vida, como um relacionamento abusivo que ela enfrentou e que escondeu por anos do público.

Que bom que a relação de Billie com o seu corpo está evoluindo, não é mesmo? Vamos desconstruir esses padrões irreais de beleza que existem apenas para aprisionar as mulheres. Todos os corpos são lindos, cada um com as suas características. Se olhe no espelho e aprecie esse corpo que te acompanha dia a dia e que está com você em todos os momentos!
Continua após a publicidade
Publicidade