Acne nas costas: por que surgem, como prevenir e o melhor tratamento

Especialistas contam tudo o que você precisa saber sobre as espinhas nessa região do corpo

Por Adrieny Magalhães Atualizado em 3 jul 2022, 10h40 - Publicado em 3 jul 2022, 10h00

Apesar de ser em uma região “escondida” do corpo, as espinhas nas costas podem ser difíceis de lidar assim como as tradicionais espinhas no rosto. Além disso, elas costumam ser ainda mais incômodas quando inflamadas, pois causam dor e, muitas vezes, podem deixar algumas manchas na pele.

Como cada região do corpo é diferente, é importante que você tenha as informações corretas para iniciar um tratamento das espinhas nas costas – que são mais comuns do que imaginamos. A CAPRICHO conversou com duas dermatologistas que te contam tudo sobre o assunto. Vem com a gente!

Quais são as causas das espinhas nas costas?

O primeiro passo para procurar um tratamento para acne nas costas é entender como elas surgem. De acordo com a dermatologista clínica Dra. Renata Vasconcellos, a acne pode ser causada pela produção excessiva de sebo (óleo natural da pele produzido pelas glândulas sebáceas), que deve ser eliminado por alguma saída, geralmente nossos poros. Quando ocorre o entupimento deles, as células se acumulam, levando ao aumento da inflamação no local e, assim, forma-se a acne.

A especialista também explica que outras causas para o aparecimento de espinhas nas costas podem ser o uso de produtos de beleza oleosos e pesados, a produção de suor intenso na região e até mesmo questões hormonais. Portanto, é fundamental você procure um médico para entender melhor o seu caso. Combinado?

gif-espinhas
GIF animação espinhas GIF/Reprodução

Quais são as características desse tipo de espinha?

Conversamos também com a dermatologista Dra. Meire Gonzaga, que contou quais são as principais características desse tipo de espinha. “Quando são causadas por uma questão hormonal, como os hormônios da adolescência, as espinhas das costas costumam ter as mesmas características da acne do rosto. Já quando ela se apresenta de forma grosseira e inflamada, chamamos de foliculite”, afirma. “A principal causa da foliculite é obstrutiva, causada por hidratantes e outros produtos que obstruam nossos poros, podendo ser até por uso de amaciante nas roupas.”

Montagem com o fundo rosa e foto das costas com acne de uma menina no centro.
Como tratar a acne nas costas? Canva Imagens/Reprodução

Como prevenir as espinhas nas costas?

Agora que você já sabe como elas surgem e quais são suas características, que tal anotar algumas dicas práticas para evitar esse tipo de espinha?

Continua após a publicidade

Para prevenir e/ou diminuir as espinhas nas costas, Dra. Renata conta que é essencial adotar hábitos como: 

  • Enxaguar e lavar as costas com sabonete após ter feito a lavagem do couro cabeludo;
  • Quando for passar condicionador nos fios, evitar que esse cabelo com o produto caia nas costas; 
  • Evitar o uso de roupas muito justas e com tecido sintético que dificultam a ventilação da região;
  • Evitar ficar com roupa molhada e suada por muito tempo.

Dra. Meire completa indicando a esfoliação semanal dessa região do corpo. Nesse momento, conte com a ajuda de alguma pessoa de confiança para te ajudar a alcançar o local!

Ah, e atenção: não inicie um tratamento com medicamentos ou produtos que não tenham sido indicados por profissionais, viu?

gif-millie-bobby-brown

Qual o melhor tratamento?

No caso da acne nódulo-cística, que apresenta nódulos inflamados na pele, muitas vezes chamados de espinhas internas, o tratamento é mais intenso, com o uso de medicação oral. Para ajudar no tratamento de todos os tipos de acne, é fundamental ter uma rotina de skincare específica para o caso. Para isso, o acompanhamento com um dermatologista é importante para identificar as causas e indicar o tratamento adequado para cada pele”, recomenda Dra. Renata.

Gif de Rachel, personagem de Friends, como expressão de desapontamento. A legenda diz:
Gfycat/Reprodução

Você pode adotar uma rotina de cuidados com a pele específica para as costas – assim como você faz com seu rosto. Um profissional pode te ajudar a escolher os melhor produtos e ativos de acordo com suas necessidades! 😉

Quem colaborou com a matéria: Dra. Renata Vasconcellosdermatologista clínica, especialista em cabelos e transplante capilar; Dra. Meire Gonzaga, dermatologista.

+ Por que votar em 2022, se para mim não é obrigatório? A gente te explica no CH na Eleição.

Continua após a publicidade

Publicidade