WhatsApp atualiza termos de privacidade. Mas o que muda?

Saiba os motivos das mudanças nos termos de serviço e privacidade do WhatsApp e descubra se elas te afetam diretamente.

Na última quinta-feira, 25, o WhatsApp começou a contatar alguns usuários sobre os novos termos de serviço e privacidade do aplicativo. Nem todas as pessoas ainda receberam a notificação, mas a empresa garante que, aos poucos, todos serão notificados. Mas, na prática, o que essa atualização significa?

Em quatro anos de serviço, essa é a primeira vez que o WhatsApp altera seus termos. Eles começaram a ser repensados após o Facebook ter se envolvido em vários problemas judiciais por não querer divulgar informações sobre seus usuários. Justamente por isso, vários bloqueios simultâneos do Whats e do Face rolaram no Brasil nos últimos anos, pois a Justiça acredita que para contribuir com investigações, a empresa precisa criar exceções para seus termos. Vale lembrar que tanto o Face quanto o Whats pertencem a Mark Zuckerberg.

Com a atualização do termo de serviço, então, o usuário aceita que alguns dados do aplicativo de mensagens instantâneas sejam compartilhados diretamente com o Facebook, como o número de telefone, a última vez que você utilizou algum dos serviços e questões mais técnicas, como o modelo do seu aparelho. Essa sincronicidade promete ajudar as empresas a lidarem com essas questões judiciais a fim de “coletar, usar, preservar e compartilhar suas informações para responder a processo legal e pedidos do governo”, afirma nota oficial divulgada pelo WhatsApp.

A atualização em sincronia ainda pretende ajudar o Facebook a selecionar anúncios ainda mais relevantes aos usuários. “Digamos que você tenha se registrado na lista de endereços da padaria do seu bairro utilizando o mesmo número de telefone da sua conta do WhatsApp. Quando a padaria decidir anunciar no Facebook, você receberá estes anúncios também”, explica a empresa de Zuck. Ou seja, além das questões de segurança, os novos termos de serviço também querem desenvolver as questões publicitárias.

Vale lembrar que, de acordo com a empresa, o usuário pode personalizar as informações que serão compartilhadas no Face. Ou seja, se ele não concordar com algum dos novos termos, pode não aceitá-lo. No fundo, porém, a gente sabe que a maioria das pessoas só clica no botão verdinho de aceitar e nem lê o que está escrito. Não é mesmo?!

Pelo menos agora você já sabe os porquês das mudanças!   😉

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Raissa Bossardi

    Quase sempre só clico no botao de aceitar sem nem ler o que tá escrito

    Curtir

  2. Thaissa Silva

    Arrependida de ter aceitado sem ler😂😂😂

    Curtir

    1. Lariih FigBm

      Tbm😅

      Curtir

      1. Thaylla SouSa

        Ainda tem como desabilitar é só ir em conta>privacidade e desmarcar a funçao de compartinhar

        Curtir

  3. Luanacarolini Ribeiro

    Eu leio primeiro dai aperto no botao verde p aceitar

    Curtir