Caso Neymar chega ao fim e jogador não é indiciado por acusação de estupro

Polícia Civil decide não indiciar jogador por falta de provas

Há dois meses, Najila Trindade registrava em uma delegacia de São Paulo um boletim de ocorrência contra Neymar Jr., que, de acordo com a modelo, a teria estuprado em um hotel em Paris, na França, em maio. A moça disse que o jogador usou de força física para consumar o ato sexual. Depois de muitas reviravoltas, na última segunda-feira, 29, o caso chegou ao fim, após as investigações terem sido estendidas por mais um mês.

 (Reprodução/Reprodução)

O inquérito foi concluído pela Polícia Civil, que decidiu não indiciar o jogador por falta de provas da vítima. Nesta terça, 30, a delegada responsável pelo caso concederá uma entrevista coletiva dando mais informações sobre o desfecho.

Segundo Najila, seu apartamento foi invadido e o tablet que continha o vídeo completo do encontro dos dois, com as provas do crime, foi roubado. Até o momento, ninguém conseguiu identificar o paradeiro do eletrônico.

Neymar ainda não se pronunciou oficialmente sobre a decisão judicial, mas, na madrugada desta terça, postou uma imagem nos Stories com os seguintes dizeres: “A vida é feita de amor”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s