As principais diferenças entre o vegetarianismo e o veganismo

As dúvidas sempre existem e nada melhor do que tirá-las.

Há 22 anos, é comemorado em 1º de novembro o Dia Mundial Vegano. Apesar de ganhar cada vez mais adeptos, esse movimento ainda é alvo de preconceitos e gera muitas dúvidas, principalmente por falta de entendimento sobre no que ele consiste. As diferenças dos veganos para os vegetarianos vão muito além de uma dieta mais restrita e vamos esclarecê-las.

O vegetarianismo está ligado à alimentação, ou seja, a pessoa não come carne e tem gente que também retira ovo, leite e seus derivados do cardápio. Já o veganismo é mais que isso: se trata de um estilo de vida, então quem resolve adotá-lo não consome nenhum produto que tenha qualquer contingente animal. Ou seja, além da carne, dos laticínios e dos ovos, os veganos não comem mel ou alimentos industrializados, feitos com corante de cor carmim, que usam um inseto chamado cochonilha em sua composição, ou com colágeno na fórmula, como gelatina.

Imagem: Repdodução/ Mercy For Animals Imagem: Repdodução/ Mercy For Animals

Imagem: Repdodução/ Mercy For Animals (/)

Mas não pára por aí! Como não usam nada – nadinha mesmo – que derive da exploração animal, peças de couro, lã e seda não fazem parte do guarda-roupas deles. Veganos também levam muito a sério a questão de cosméticos testados em animais ou que contenham qualquer rastro deles em sua composição. Sabia que a queratina, que tanta gente passa no cabelo, pode estar presente na juba, nos chifres e até nas penas?

Absorvendo todas essas informações de uma vez, pode parecer muito difícil viver uma rotina vegana. Mas não é, não. Claro que fica mais restrito, mas as substituições atualmente são mais fáceis. Na questão dos alimentos, tanto para vegetarianos quanto para veganos, as leguminosas (que englobam todos os tipos de feijões), a lentilha, o grão de bico e a ervilha, por exemplo, fornecem proteínas, ferro e zinco, assim como as carnes.

veganismo-1

Quanto aos industrializados que costumam ter rastros animais, ninguém precisa mais passar vontade. Várias marcas já estão fabricando opções veganas de docinhos, biscoitos e balinhas de goma – e o gosto é bem parecido com os tradicionais. A indústria de cosméticos é outra que tem caminhado para o lado cruelty free nos últimos anos. Bastante marcas não testam em animais e existem lojas que só vendem produtos totalmente sustentáveis. As roupas também não são um problema diante da quantidade de materiais sintéticos disponíveis no mercado.

Geralmente, as pessoas que o adotam o veganismo são essencialmente contra o sofrimento dos animais, por isso tendem a ser mais radicais. Afinal, são 70 bilhões de animais terrestres mortos anualmente para o consumo humano, sendo 181 por segundo apenas no Brasil. No entanto, independentemente dos motivos que possam levar alguém a virar vegetariano ou vegano, são duas opções que costumam significar muito para as pessoas que as aderem. Além disso, se feitas as devidas substituições, também podem ser muito saudáveis! 

Feliz Dia Mundial Vegano! Essa é uma decisão apenas sua.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Victoria Iglesia Maurente

    POST NOVO NO BLOG! VAI LÁ CONFERIR E ARRASAR NA CHUVA!
    http://www.darkunicorn.org/single-post/…/Na-chuva-com-estilo

    Curtir

  2. Dayviane Teixeira dos Santos

    Nossa por mais que já existem produtos veganos,como biscoito,chiclete é muito dificil. Pq se em determinado momento vc estiver em algum lugar sem acesso a isso,é meio complicado.

    Curtir

  3. Respeito e admiro muitos as pessoas veganas, que mudam seu estilo de vida, pelos animais e natureza! Isso é íncrivel, eu sou vegetariana e pretendo dar mais um passo e quem sabe ser vegana!

    Curtir