Rihanna lança peças com pele de cordeiro na Fenty e recebe críticas de fãs

Os internautas não gostaram nada de descobrir que a grife da cantora está usando esse tipo de material

Por Da Redação - Atualizado em 13 nov 2019, 17h25 - Publicado em 13 nov 2019, 17h21

Eita! Parece que Rihanna se envolveu em uma polêmica recentemente após internautas perceberem que alguns modelos da nova coleção de sua grife de roupas, a Fenty, são feitos usando pele de cordeiro.

No site da marca, três produtos aparecem com a descrição informando que são produzidos 100% com o pelo do animal: uma jaqueta biker branca com o valor de US$ 2.440 (cerca de R$ 10 mil), um casaco oversized marrom com o valor de US$ 3.660 (cerca de R$ 15 mil) e um cachecol marrom de US$ 760 (cerca de R$ 3 mil).

Fenty, a marca de roupas e acessórios da Rihanna, está sendo criticada por usar pele de animais em suas peças Divulgação/Divulgação

A opção da Fenty de trabalhar com peças feitas de pelos de animais vai no movimento contrário do mercado de grifes de luxo, que estão abandonando o uso de pele verdadeira em suas coleções. Chanel, Versace e Gucci são algumas marcas que já afirmaram que não irão mais trabalhar com esse tipo de material. Recentemente, até a Rainha Elizabeth II disse que não iria mais adquirir novos itens de pele.

Fenty, a marca de roupas e acessórios da Rihanna, está sendo criticada por usar pele de animais em suas peças Divulgação/Divulgação
Fenty, a marca de roupas e acessórios da Rihanna, está sendo criticada por usar pele de animais em suas peças Divulgação/Divulgação

Não é a primeira vez que Rihanna se vê envolvida em uma polêmica sobre a questão. Em 2017, a cantora usou um casaco de pelo da marca francesa Dior para um evento da grife e foi muito criticada por seus fãs e até pela ONG PETA.

Continua após a publicidade

Os internautas usaram o Twitter para cobrar explicações de Rihanna:

O que você achou da polêmica?

Publicidade