Retrô e lindo: o vestido tubinho está de volta. Aposte!

O modelo, que ficou famoso graças a Audrey Hepburn, é um dos mais versáteis da moda

Por Giulia Parca| Reprodução Lookbook Atualizado em 17 ago 2016, 17h16 - Publicado em 20 set 2015, 14h30

Os vestidos com silhueta reta e mais próxima do corpo são ótimos para serem usados na transição entre as estações, já que costumam ser mais básicos e combinam com qualquer estilo. O clássico modelo tubinho, como é conhecido, ficou famoso na década de 1960 e promete voltar com tudo!

Graças ao corte reto, ele é um dos vestidos mais versáteis. Se você se sente insegura de ressaltar alguma parte do corpo, a peça é perfeita, já que a região da cintura não é muito diferente das dos ombros e da barra.

Caso sua ideia seja amenizar o caimento solto da peça, faça o mix com bolsas que fiquem na altura do quadril (assim, você chama a atenção para esta região) ou aposte nos modelos de manga regata, que destacam mais o tronco.

Outra opção para bombar o look é investir nas versões com estampas geométricas ou nos desenhos mais alegres e coloridos. E lembre-se de que os complementos têm poder! Sapatos mais pesados e esportivos (como o tênis) ou bolsas coloridas, por exemplo, deixam o visual menos retrô e mais moderno. Aí é com você!

O vestido tubinho vai entrar no seu armário?

Continua após a publicidade
Publicidade