Prada é acusada de apropriação após lançar sandália típica do Brasil

A grife italiana criou o calçado para sua coleção de Pre Fall 2020

Por Da Redação - Atualizado em 30 jun 2020, 11h20 - Publicado em 29 jun 2020, 14h40

Na última semana, a marca Prada lançou sua coleção de Pre Fall 2020 e um modelo em especial chamou a atenção dos brasileiros por ser muito semelhante a um calçado típico do nosso país, o que acabou gerando uma discussão sobre apropriação cultural.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

A sandália de couro trançada da grife italiana, que custa R$ 4.400 segundo o site da Farfetch, se parece muito com versões típicas da cultura nordestina, que são vendidas em grandes feiras locais. Nas redes sociais, muitos internautas brasileiros apontaram a semelhança e cobraram um posicionamento da grife.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Não é de hoje que grandes marcas internacionais são acusadas de apropriação cultural por usarem como inspiração técnicas e elementos de outras culturas, muitas vezes de itens feitos artesanalmente, sem darem o devido crédito e cobrando preços caríssimos em contrapartida aos valores ganhos pelos artesãos que as produzem em seus países de origem.

Continua após a publicidade

A Prada ainda não se posicionou sobre a polêmica, porém, após a repercussão dos comentários, apagou a postagem com a imagem da sandália de seu Instagram.

O que você achou da discussão?

Publicidade