Old Money: tudo que você precisa saber antes de romantizar essa estética

Entenda como ela surgiu, de que forma se manifesta na moda e por que pode ser problemática

Por Taya Nicaccio Atualizado em 29 jul 2022, 17h43 - Publicado em 31 jul 2022, 10h00

Se você consome conteúdos do TikTok, principalmente as aesthetics que rapidamente se popularizaram ou as famosas tendências que emergem por lá, com certeza já deve ter ouvido falar em Old Money.

Essa estética, que tem dominado as redes sociais, aparece fortemente na arquitetura, sobretudo com características georgianas e neoclássicas, e se expressa na moda através do estilo preppy (derivado do termo Preparative School, escola preparatória, em português), que surgiu no início da década de 1970, especialmente entre os alunos das escolas mais renomadas dos Estados Unidos (alô, Gossip Girl!).

O que é Old Money?

Old Money, ou dinheiro velho, em português, é uma estética que faz referência àqueles que já nasceram herdeiros de uma grande fortuna, que foi acumulada ao longo de gerações e mais gerações. Esse dinheiro pode, por exemplo, ter começado a ser acumulado por burgueses (majoritariamente brancos) durante a Revolução Industrial. Logo, não estamos falando de uma coisa nova, essas pessoas possuem influência política e social há muito tempo.

A recém-popularização da estética se dá devido a ascensão do TikTok e de certa notoriedade que a plataforma proporciona para tendências e conteúdos de moda ou para outras realidades e estilos de vida, em um sentido de escapismo. Do lado contrário, está os adeptos do New Money (os novos ricos), que, assim como as Kardashians, trazem outras informações de moda e não se opõem ao vestir peças de logomania, marcas aparentes ou óbvias.

@dayanelvr

Responder @ddayolli Veja os coments🌸 #aestheticoldmoney #oldmoney #estilo #imagempessoal #estilodevida #estilotradicional #consultoriadeimagem

♬ som original – Dayane Oliveira🌙

@noiaugusto

@noiaugusto acho que é isso pra finalizar o assunto #oldmoney #newmoney #classico #estiloclasico #estiloelegante #estilotradicional #oldmoneyaesthetic @ARTHUR FREIXO

♬ Lo-Fi electric piano fashionable(840331) – yutaka.T

Como essa estética se manifesta na moda?

Para além do estilo preppy, os seguidores dessa estética ou, até mesmo os herdeiros que a originam, usam peças de alfaiataria com tecidos planos mais estruturados e encorpados, saias plissadas, polo, suéter, pérolas, mocassim, conjuntinhos e outros itens que contemplam cores sóbrias, modelagens casuais e fibras naturais.

Considerando que Old Money não é um estilo e sim uma estética, é comum encontrar elementos e acessórios de moda diretamente ligados a esportes como golfe, tênis e hipismo, que fazem parte do estilo de vida desses herdeiros, incorporados nas peças usadas no dia a dia deles.

@itsjeanette

back to school fits but old money inspired with just the perfect bags from @ecosusi_official 💼😍 #Ecosusi #EcosusiVintage #OldMoney #OldMoneyAesthetic #OldMoneyOutfits #OldMoneyStyle #OldMoneyInspo #BacktoSchool #BacktoSchoolOutfit #BacktoSchoolOutfitIdeas

♬ ur dad – Nada Ramzy

Continua após a publicidade

@letmeinspireyou

How do you like it? #oldmoney #outfit #style #fashiontiktok

♬ Say So – Doja Cat

@_jorjinavelasquez

The Preppy/Rich Black Girl🕊🤍#greenscreen #blackwomenoftiktok #preppyaesthetic #oldmoneyaesthetic #fypシ #MadewithKAContest

♬ original sound – k

 

Por que isso pode ser problemático?

Olhando assim, pode até parecer que não tem nada de mais, porém o acúmulo de capital e de fortunas diz muito sobre a sociedade em que vivemos hoje e de séculos passados. Quando falamos sobre herdeiros e suas linhagens, estamos discutindo relações de poder e exploração de trabalhadores, principalmente se considerarmos o fato de que boa parte desse dinheiro começou a ser “guardado” durante a Revolução Industrial ou até mesmo no período colonial.

Para além disso, como podemos colocar algo do tipo em um pedestal, quando esse é um dos principais fatores e contribuintes da desigualdade social e, consequentemente, de gênero, raça e classe – ainda mais em um contexto pandêmico em que as taxas de desemprego só aumentaram e milhares de pessoas perderam suas casas e empreendimentos?

Outro ponto: visto que as pessoas que têm um estilo de vida Old Money ou New Money possuem um estilo bem diferente, a galera costuma interpretar tudo aquilo que, entre muitas aspas, não é clássico e elegante, como feio, cafona ou até mesmo extravagante demais. Mas será que determinada estética e cultura é mesmo “feia” ou fomos ensinados a marginalizar tudo aquilo que não é eurocentrado e venha de fora, de outro país? Fazendo uma analogia geral, confira o pensamento de Maeli Hadassa a seguir:

@maelihadassaa

oq tu pensa sobre?

♬ Aesthetic – Tollan Kim

@maelihadassaa

a gnt n gosta, ou foi ensinado a n gostar? #moda #recife

♬ Aesthetic – Tollan Kim

Moda é sobre você estar confortável em relação ao que veste todos os dias. Fomos ensinados a valorizar uma moda eurocentrada, que está totalmente ligada à burguesia e à elite, e desvalorizar a moda brasileira, ancestral e periférica, que é a detentora de muitas tendências Y2K que consumimos hoje fervorosamente.

O que você pensa sobre moda e o que acha sobre a estética Old Money e todos os questionamentos que envolvem uma moda elitizada, que cria uma certa aversão a tudo aquilo que não é eurocentrado ou venha de fora?

Continua após a publicidade

Publicidade