Karol Pinheiro relembra momentos marcantes da sua trajetória na CAPRICHO

O resultado do nosso encontro com a influenciadora, que trabalhou na CH durante sete anos, foi um vídeo nostálgico e cheio de emoções

Por Sofia Duarte Atualizado em 29 jun 2022, 11h49 - Publicado em 29 jun 2022, 11h50

Faz pouco mais de três anos que eu trabalho na CAPRICHO, mas faz pelo menos quinze que eu consumo e sou apaixonada por essa marca. Sim, ela fez parte da minha adolescência, e foi muito especial quando, ainda no Ensino Fundamental, eu estava decidida a cursar a faculdade de jornalismo e vi na CH uma possibilidade de carreira, mesmo que de forma distante e mesmo que eu nunca tenha achado que, de fato, fosse conseguir uma vaga aqui.

Lá na época em que eu colava pôsteres dos meus artistas preferidos na parede do meu quarto, acompanhava a série Vida de Garoto, assistia ao reality Temporada de Moda e sonhava em fazer parte da Galera CAPRICHO (e fiquei viciada na websérie chamada A Seleção) ou aparecer no blog It Girls, ainda queria entender os bastidores da redação – e pode ter sido aí que aflorou em mim a vontade de fazer parte de tudo isso e de me tornar jornalista. Por esse motivo, também tinha a curiosidade de saber quem eram os responsáveis por tudo aquilo acontecer, e claro que, a partir de então, tomei conhecimento de quem era a repórter Karol Pinheiro. Ela ensinava dicas de maquiagem nos primórdios do YouTube brasileiro, gravava tutoriais de penteados (quem se lembra dos cachos com chapinha?), apresentava o NoCapricho, fazia vídeos na São Paulo Fashion Week, entrevistava famosos… Sempre de um jeito divertido e com muito humor! Era tipo o job dos sonhos, sabe? E o que tornava tudo mais incrível, e até mais próximo do público, era que a Karol contava com brilho nos olhos o quanto quis trabalhar na CAPRICHO, como fez isso acontecer e foi de estagiária a editora de comportamento. Isso me inspirava muito – e tenho certeza que outras pessoas também a tinham como referência.

Os anos foram passando e, mesmo após a saída da Karol da CAPRICHO em 2014, eu nunca deixei de acompanhar o trabalho e a vida dela. Acho que, por isso, foi a primeira influenciadora digital que eu já conhecia antes de se tornar influenciadora e, na minha cabeça, isso já significava que tínhamos algum tipo de laço! Hahaha. Fui ao lançamento do livro dela, As coisas mais legais do mundo, em São Paulo, em 2016, quando eu ainda morava no interior do estado e viajei somente para isso (sim, eu era dedicada!), assisti à saga do intercâmbio que a Karol fez para Nova York (o que aumentou ainda mais o meu desejo de conhecer essa cidade), admirei, cada vez mais, a amizade dela com a Maqui Nóbrega (que, inclusive, também trabalhou na CH), estava lá quando casou, engravidou, teve filho… Ainda acho um pouco bizarro o quanto a gente pode acompanhar a vida de alguém na internet, enquanto essa pessoa não sabe nada sobre a gente. Mas, ao mesmo tempo, também pode ser tão especial quando esse encontro extrapola as telas e acontece ao vivo!

View this post on Instagram

A post shared by sofia rollo duarte (@sofiaskywalker)

Continua após a publicidade

Muito tempo depois, no início de junho deste ano, fiz minha primeira viagem internacional a trabalho, como repórter da CAPRICHO, e pensei na minha versão adolescente, que adorava ver a Karol viajando com a CH, e o quanto aquilo parecia tão distante da minha realidade. O mais louco é que eu fiz a viagem em questão para o Peru, a convite da Salon Line, marca da qual a Karol é embaixadora, e, sim, nós nos encontramos nessa aventura. É, galera, a vida é louca e dá voltas inimagináveis!

View this post on Instagram

A post shared by sofia rollo duarte (@sofiaskywalker)

Fui ao Peru com várias pautas já desenhadas e aprovadas, e uma delas era um vídeo com a Karol sobre momentos marcantes da trajetória dela na CAPRICHO. Ainda no aeroporto de Guarulhos, conversamos, falei que adorava o trabalho dela, expliquei a ideia da pauta e ela topou de cara. Alguns dias depois, gravamos o vídeo (com uma paisagem linda, aliás), e o resultado foi ótimo. Seguidoras da Karol comentaram na publicação, leitoras atuais e antigas da CAPRICHO também e rolou até choro entre as integrantes da redação! Eu mesma fiquei superemocionada e com o coração quentinho com as falas da Karol, que me teletransportaram para a minha adolescência. Foi uma delícia viver tudo isso e falar sobre esse assunto aqui, na minha própria koluna na CH. <3

Vem assistir ao vídeo e relembrar com a gente momentos icônicos da trajetória da Karol Pinheiro com a CAPRICHO:

View this post on Instagram

A post shared by CAPRICHO (@capricho)

O próximo texto da coluna O Mundo de Sofia sai no dia 13 de julho. Beijos e até lá! <3

*A coluna é escrita por Sofia Duarte, repórter de moda e beleza da CAPRICHO.

Continua após a publicidade

Publicidade