Esta garota customiza suas próprias roupas plus size de um jeito incrível!

Raissa Galvão cansou de não encontrar peças estilosas para o seu tamanho e resolveu dar um jeito de criar looks ma-ra-vi-lho-sos!

Por Isabella Massoud 30 abr 2018, 19h52

Ainda é difícil encontrar lojas que vendam roupas com tamanhos para todos os tipos de corpo. Às vezes, as roupas com tamanho grandes não são tão estilosas como as de tamanhos menores. Raissa Galvão, de 22 anos, cansou de procurar peças que apenas se encaixassem no seu corpo, ela queria opções estilosas e que combinassem com a sua personalidade. Foi assim que ela decidiu começar a customizar – e até produzir – seus próprios looks.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

e vocês pensaram que eu não ia dar close de biquíni em São Paulo? 😂

A post shared by Raissa Galvão | Fat Fashion (@rayneon) on

Ela estuda design de moda e jornalismo, e tem um estilo icônico. Ray se diverte montando seus looks, e fazia isso com as bonecas quando eram pequenas. Em entrevista à CAPRICHO, a garota contou que a maior parte do seu armário é feita de roupas que ela e sua mãe criam: “É muito difícil de encontrar roupa para o meu tamanho, principalmente roupas que eu goste e que tenham a ver com a minha personalidade. Customizar as peças ou realmente fazer do zero sempre foi a minha melhor alternativa“.

Raissa sempre dá dicas de customização no seu Instagram (@rayneon) e está sendo inspiração para outras garotas. Mas em quem ela se inspira? “As meninas gordas que me inspiram são Isabel Hendrix, que é maravilhosa no Instagram, referência de estilo. A Alexandra, do Alexandrismos, é mais que referência de moda, é de vida, de se olhar, de ver quem você é. No cinema, infelizmente, a gente quase não tem referência. A Tess Holiday que é a modelo que mais me representa porque a maior parte das modelos plus sizes são magras, mas são largas, elas têm peito, bunda, coxa, mas tem a barriga chapada. Isso não me representa, eu não sou assim. A Tess mostra um corpo gordo e é maravilhosa.

A carioca bombou no Instagram com suas produções temáticas para o Lollapalooza, e ela contou detalhes dos looks para a CAPRICHO: “Uma vez eu li num livro uma frase que me marcou: ‘A vida é muito curta para ser uma pessoa só’. E aí desde novinha, eu crio personagens na hora de me vestir. Um evento como o Lollapalloza é o momento ideal para eu usar toda a minha criatividade para poder fazer minhas roupas com conceitos diferentes“, contou Raissa. Ela e seu melhor amigo, Jorge, combinaram de usar looks gêmeos.

Barbie, monocromático futurístico e ~gótica~ foram as escolhas da Ray para o festival, e cada look contava com pelo menos uma peça customizada. “No primeiro dia, eu queria ir de Barbie, porque eu sou gorda e é uma situação engraçada você estar fantasiada como um símbolo de padrão estético e ditadura de beleza sendo que você é fora do padrão. O meu brinco, eu falo que é a Maria Antonieta, que foi degolada na Revolução Francesa, assim como eu quero degolar esse padrão“, brinca a estudante. Nos outros dias, uma amarração diferente no cropped e um vestido transformado em saia foram as peças de destaque.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

E disseram que nao tinha paquita gorda 💙 #lollapalooza

A post shared by Raissa Galvão | Fat Fashion (@rayneon) on

  • Onde Raissa encontra suas roupas em tamanhos maiores? Em lojinhas pequenas, brechós, e customizando as antigas peças da sua família. “Minha peça favorita de roupa é um blazer que era da minha tia avó e passou pra minha mãe. Ele é todo de paetês , mas ninguém nunca usou! Quando eu encontrei aquilo jogado, logo pensei que ia ser meu. Eu descosturei ele e transformei pro meu tamanho e agora amo“.

    A dica da Ray para as meninas plus size é se jogar sem medo na moda! “Eu sei que é difícil, porque quando a gente cresce, parece que não tem lugar pro corpo gordo, mas tem lugar sim! Ser gorda e usar cropped é um ato politico, e isso tem que ser feito“.

    Continua após a publicidade
    Publicidade