Lucas Penteado, de Malhação, relata episódio de racismo com Uber

O ator contou nos Stories que um motorista da empresa negou fazer a viagem solicitada por ele pelo fato dele ser negro

Nesta quarta-feira (20), Lucas Penteado contou ter passado por um episódio lamentável de racismo. De acordo com o relato, um motorista da Uber se recusou a fazer a viagem solicitada pelo ator, conhecido por interpretar Fio em Malhação — Viva a Diferença.

Lucas Penteado, de Malhação, denunciou caso de racismo com motorista da Uber

Lucas Penteado, de Malhação, denunciou caso de racismo com motorista da Uber (Reprodução/Instagram)

“Racista”, escreveu Lucas nos Stories. “Tô pasmo, ainda meio perdido com a situação. O cara olhou nos meus olhos e se recusou a realizar a viagem… Pô, cara, eu com meu pai, em frente à minha casa, da qual ele me viu saindo. NÃO PASSARÃO“, continuou.

“O bagulho é louco, rapaziada. Foi isso que aconteceu: o cara se negou a fazer a viagem. Mas não vou deixar isso estragar meu dia, não”, reiterou em outro momento.

O ator ainda mostrou ter feito uma denúncia à Uber, que respondeu: “Por enquanto, adotamos as medidas para minimizar que você não seja mais conectado à este motorista/ parceiro/ passageiro no futuro e garantimos seu anonimato”.

 (Reprodução/Instagram)

Lucas rebateu: “É isso? Só isso? Olha, já é a segunda vez que tenho uma experiência desse tipo com a Uber e, pela segunda vez, a mesma não toma providências cabíveis à situação. O cara olhou na minha cara e disse que não me levaria por eu ser negro e a medida que vocês irão tomar será apenas evitar o vínculo entre mim e o motorista? Palhaçada”.

A companhia voltou a responder, enfatizando que já tomaram “todas as medidas possíveis do nosso lado para evitar ao máximo que esse tipo de situação ocorra novamente”.

O ator finalizou o relato agradecendo o apoio do seguidores e escrevendo: “Quero ele na cadeia. Injúria racial é crime”. 

ATUALIZAÇÃO: Em nota oficial, a Uber deu um posicionamento sobre o caso:

A Uber repudia qualquer ato de discriminação na plataforma, definitivamente não é esta a experiência que a empresa deseja oferecer a seus usuários. Qualquer relato nesse sentido é levado muito a sério. Motoristas parceiros ou usuários que comprovadamente apresentarem comportamento racista são desligados imediatamente da plataforma.

A Uber se orgulha de oferecer transporte eficiente e acessível para todos – ao mesmo tempo em que oferece também uma oportunidade de geração de renda democrática, independente de credo, etnia, orientação sexual ou identidade de gênero (sendo a primeira empresa de ridesharing que permite nome social na plataforma)”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s