Emilia Clarke sofreu dois aneurismas enquanto gravava Game of Thrones

A nossa eterna Daenerys Targaryen decidiu criar uma ONG para ajudar pessoas que sofrem com lesão cerebral

Nesta quinta-feira (21), Emilia Clarke, a Daenerys de Game of Thrones, fez uma revelação que deixou os fãs chocados. É que a atriz de 32 anos passou por três cirurgias no cérebro para corrigir aneurismas durante o período em que gravava a série da HBO.

Em uma carta emocionante publicada na The New Yorker, Emilia abriu o jogo sobre alguns dos momentos mais difíceis da sua vida, que ela vinha mantendo em segredo desde 2011. “Quando todos os meus sonhos de infância pareceram se tornar realidade, quase perdi minhas lembranças e então minha vida”, escreveu ela. Que tenso, né?

emilia-clarke-oscar Emilia Clarke a caminho do Oscar 2019

Emilia Clarke a caminho do Oscar 2019 (Reprodução/Instagram)

De acordo com a atriz, ela sempre teve dores de cabeça, pressão baixa, e de vez em quando desmaiava na escola, mas não achava que eram grandes problemas. Até que, logo depois que terminou de gravar a primeira temporada de Game of Thrones, ela sentiu uma forte dor de cabeça enquanto estava na academia. “O treinador me falou para ficar na posição de prancha e imediatamente senti como se uma faixa elástica estivesse espremendo o meu cérebro”, escreveu. Emilia então começou a vomitar e apagou, sendo mais tarde socorrida por uma ambulância.

No hospital, ela foi diagnosticada com hemorragia subaracnoide, uma espécie de aneurisma (HSA) que acontece quando uma artéria se rompe e sangue invade o espaço entre o cérebro e o tecido que o cobre. “Depois eu descobri que cerca de um terço dos pacientes com HSA morrem imediatamente ou logo em seguida. Para aqueles que sobrevivem, tratamento urgente é necessário para corrigir o aneurisma, e existe um grande risco de um segundo, muitas vezes fatal, sangramento”, contou Emilia.

Para sobreviver, ela passou por uma cirurgia “minimamente invasiva”, como os médicos dizem. Neste caso, um cateter é inserido em uma das artérias do paciente e guiado até o cérebro. A princípio, o procedimento de Emilia foi um sucesso, mas então, enquanto fazia exercícios para a recuperação, a atriz descobriu que estava sofrendo de uma condição chamada afasia, um distúrbio causado pela trauma do cérebro que afeta a capacidade de comunicação da pessoa. Ela não conseguia lembrar o próprio nome! “Em meu piores momentos, queria puxar o gatilho. Pedi que a equipe médica me deixasse morrer. Meu trabalho – todo o sonho do que eu pensava que a minha vida seria – estava centrado na linguagem, na comunicação. Sem isso eu estava perdida”, afirmou a atriz.

Mas, ainda bem, ela logo conseguiu se recuperar. Emilia conta, então, que enfrentou muitas dores e dificuldades ao gravar a segunda temporada de Game of Thrones. “Eu pensava que ia morrer a cada minuto de cada dia”. E, para a tristeza e o desespero da atriz, ela descobriu que tinha outro aneurisma, que havia dobrado de tamanho, no lado oposto de seu cérebro. Foi então que ela passou por mais uma cirurgia similar à primeira, mas acordou gritando de dor e descobriu que o procedimento havia falhado e um grande sangramento em seu cérebro a colocava entre a vida e a morte.

Então nossa querida Mãe dos Dragões foi submetida a uma terceira cirurgia, desta vez muito mais invasiva, feita através do crânio. “Parte dele foi substituída por titânio e tenho uma cicatriz que vai do meu couro cabeludo até a orelha”, compartilhou Emilia em seu texto. Por sorte, desta vez o procedimento deu certo e agora ela garante que está “100 por cento”. Ufa!

Tocada por seu próprio medo e sofrimento, a atriz decidiu dividir a história com os fãs para divulgar a criação de uma ONG chamada SameYou, criada por ela e seus pais para ajudar aqueles que sofrem com doenças cerebrais e com lesões de derrames. Legal, né? Para conhecer melhor o trabalho, é só acessar o Instagram da organização.

E é sempre bom lembrar que, embora AVCs não sejam tão comuns em jovens, é importante estar sempre atento à sua saúde. Emilia, por exemplo, sofreu um derrame aos 24 anos. Por isso, se sentir dores de cabeça e tiver desmaios frequentes, vale a pena se consultar com um médico, viu?

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s