Ed Westwick é acusado de estupro por mais uma atriz

"Eu acredito em você, Kristina", diz Aurélie Wynn em relato no Facebook

Na última segunda-feira (6/11), a atriz americana Kristina Cohen acusou Ed Westwick, o Chuck de Gossip Girl, de estupro. O caso repercutiu no mundo inteiro e inspirou a atriz Aurélie Wynn. Na noite da quarta-feira (8/11), Aurélie usou o Facebook para relatar que também foi estuprada pelo ator.

 (Aurélie Wynn/Facebook)

No texto, Aurélie revela que o estupro aconteceu em 2014 e que sua situação foi bem parecida com a primeira denúncia que Westwick recebeu.

“Eu fui de Uber para Glendower Estates, onde ele estava ficando, à convite de uma amiga minha que estava namorando seu companheiro de quarto, um membro do elenco em Glee. Todos nós curtimos até 5 da manhã, o sol estava começando a subir, já que era verão, e então todos nós decidimos tirar um cochilo, pois todos nós tínhamos eventos e coisas para fazer no dia seguinte e tinha muitos quartos.

E, como Kristina, eu disse que não e ele me empurrou para baixo e eu fiquei impotente em relação ao peso dele. Eu estava vestindo uma roupa de banho e ele rasgou. Eu estava em completamente em choque, eu também sou muito pequena.

Quando acabou, peguei meu celular e descobri que a menina que me convidou tinha ido embora. Eu tinha um serviço de celular terrível na propriedade e estava sem acesso ao WiFi. Eu tive que falar com outro amigo para me arrumar um Uber para sair fora de lá enquanto Ed estava desmaiado. A casa é tão grande que gravei um vídeo da minha experiência saindo da casa, pois era literalmente um labirinto”, contou.

Na época, Aurélie namorava o ator de Glee Mark Salling, que foi condenado por pornografia infantil. “Eu disse a ele que tinha sido estuprada e Mark fingiu não conhecê-lo, então me culpou e terminou comigo. Meus outros amigos e pessoas ao meu redor me disseram que era melhor não dizer nada, não ser ‘aquela garota’ e que ninguém acreditaria em mim e pensaria que estava apenas tentando ter meus 10 segundos de fama”, escreveu.

Ela finalizou o relato dando sua opinião sobre assédio sexual no entretenimento e reforçando as palavras de Kristina Cohen. “E então eu fiquei quieta e logo consegui ver e ouvir o quanto o assédio sexual e a intimidação prevalecem na indústria… Até o ponto em que eu questionei o quanto eu realmente queria estar no entretenimento, pois não vi nada melhorando. E a que custo? Desde então, mudei de atuação e queria apenas reafirmar a reivindicação de Kristina Cohen, pois acredito que elas sejam verdadeiras.

Estou tão incrivelmente agradecida que tudo isso finalmente está vindo à luz e que há justiça no mundo. Eu acredito em você, Kristina Cohen, e obrigado por falar tão eloquentemente e realmente englobando o que as jovens atrizes femininas têm que passar pelas mãos de homens como Ed Westwick. Sem você, eu não teria tido força para falar publicamente sobre a minha provação”.

Ed Westwick disse nas redes sociais que não conhece a primeira atriz que a acusou de estupro, mas ainda não se pronunciou em relação ao segundo caso.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s