Mark Salling, de Glee, é condenado por pornografia infantil

O ator vai ter que cumprir de 4 a 7 anos de prisão.

Por Da Redação - Atualizado em 4 out 2017, 18h08 - Publicado em 4 out 2017, 16h58

Em 2015, os gleeks ficaram muito chocados ao ver Mark Salling ser preso por pornografia infantil, após a polícia achar centenas de imagens relacionadas em seu computador.

Desde então, o Puck de Glee esteve em julgamento, e acabou se declarando culpado nesta semana ao aceitar um acordo judicial em que vai precisar cumprir de 4 a 7 anos de prisão e se registrar como agressor sexual, de acordo com o site The Blast.

Após ser liberado, Mark passará vinte anos sob supervisão, já que deve se manter longes de lugares com crianças, como escolas, parques, playgrounds, etc. Além disso, o ator deve pagar uma multa de $50 mil dólares à cada vítima que pedir restituição.

De acordo com os documentos do tribunal, Salling usou a internet de sua casa de abril a dezembro de 2015 para “baixar milhares de imagens de pornografia infantil”. Os documentos também dizem que o ator usou um software para mascarar o IP do computador, mas mostrou as imagens para uma mulher que, por fim, o denunciou para a polícia.

Publicidade