TMZ afirma ter descoberto a causa da overdose de Demi Lovato

Demi Lovato sofreu uma overdose que quase a matou, no final de julho

Por Da Redação Atualizado em 15 ago 2018, 13h20 - Publicado em 14 ago 2018, 12h54

O TMZ descobriu e divulgou, nesta terça-feira (14/08), a droga que causou a overdose de Demi Lovato no dia 24 de julho. Segundo o site, tudo começou por volta das 4 da manhã quando Demi mandou mensagem para um traficante ir até a casa dela.

Fontes com conhecimento direto, explicaram que Demi estava em uma festa em Hollywood,  após ter comemorado um aniversário em um restaurante. Depois do traficante receber a mensagem, ele foi até a casa dela com oxicodona.

+ Traficante que vendeu drogas à Demi Lovato foi preso duas vezes este ano

O grande problema é que a cantora não sabia que o traficante tinha o hábito de comprar drogas alteradas do México, e a oxicodona usada por Demi estava misturada com fentanil, a mesma droga que matou Prince e Lil Peep, que potencializa o efeito da oxicodona.

O TMZ ainda confirmou que Demi estava em contato com o cara desde abril e ele fugiu de sua casa assim que percebeu que ela estava na cama, com a respiração pesada.

Neste momento, Demi Lovato está em Chicago, onde vai receber tratamento de um especialista em saúde mental e sobriedade. Depois, ela volta para a reabilitação, onde fará “um extenso programa de vários meses para garantir que receba a ajuda que precisa”, afirmou uma fonte ao E! News.

Continua após a publicidade

Publicidade