Tiago Iorc rebate resposta de Anavitória: “A questão não é com vocês” | Capricho

Tiago Iorc rebate resposta de Anavitória: “A questão não é com vocês”

O cantor disse que não falará mais sobre o caso, mas avisou: "Não acho certo que uma pessoa que prejudica o meu trabalho se beneficie do meu trabalho"

Por Amábile Reis Atualizado em 15 jun 2020, 20h17 - Publicado em 15 jun 2020, 12h26
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Este fim de semana, Anavitória e Tiago Iorc se envolveram em uma polêmica daquelas, viu? Tudo começou quando Ana Caetano fez um apelo durante uma live pedindo para que o cantor liberasse a regravação da música Trevo para um novo projeto do duo. Emocionada, a artista falou que o colega de profissão havia negado a elas o pedido sem dar explicações e que essa notícia a entristecia demais.

Tiago, por sua vez, compartilhou um vídeo no Instagram em que garantia não querer prejudicar as duas, mas disse que estava revendo (e protegendo) o seu direito autoral sobre a canção, porque o escritório das garotas – com quem ele também trabalhou no passado – vinha repetidamente sabotando o seu trabalho e agindo de má-fé, causando a ele inclusive danos financeiros. 

  • Enfim, acontece que no domingo ganhamos mais alguns capítulos dessa novela. Primeiro, Felipe Simas, empresário da dupla e com quem Iorc chegou a trabalhar, se pronunciou sobre as acusações. Ele explicou que o apontamento do cantor era gravíssimo e deveria ser tratado na justiça. Simas afirmou que a “censura” do artista “é um fato”. Felipe ainda comentou: “Liberar uma música não significa abrir mão dos direitos dela, mas, sim, apenas autorizar o lançamento dela. Como resultado, todos os autores são recompensados igualmente pela performance da música.

    Twitter/Reprodução

    Em seguida, a dupla Anavitória publicou uma resposta ao vídeo de Tiago. Elas explicam que essa foi a primeira vez que lhes foi negada a possibilidade de gravar algumas canções delas. Ana contextualizou os fãs relatando que o duo irá lançar um DVD sobre O Tempo É Agora e que recebeu o veto de Iorc para adicionar os singles Porque Eu Te Amo, Agora Eu Quero Ir, Trevo e A Gente Junto, dos quais é co-autor. 

    Vitória Falcão também explicou que elas não conseguem entrar em contato com o cantor há tempos. “Nunca foi nossa intenção deixar isso público. É zero a parada que a gente queria estar vivendo agora de energia de briga ou ver vocês escolhendo um lado ou outro lado. Enfim, a maior situação delicada no mundo e não é o que a gente quer pra nossa vida. Mas, pra contextualizar vocês, há mais de dois anos a gente tenta entrar em contato com o Tiago. Todas as vezes, a gente recebeu silêncio“.

  • Ela completou: “Ele falou que existe um problema dele com o nosso escritório, que é o Felipe Simas, o nosso empresário e que já foi empresário dele também. O que a gente não entende é porque um processo de duas pessoas, que não tem nada a ver com a gente, está caindo sobre nosso trabalho, sobre a nossa possibilidade de gravar as nossas músicas”. Para Vitória, parece que as cantoras estão recebendo uma “punição” por algo que foge do controle delas.

    Continua após a publicidade

    Para fechar, Ana, de novo, ressaltou que liberar as regravações das canções não causaria danos financeiros a Tiago, uma vez que ele continuaria a ser remunerado por seu trabalho.

    View this post on Instagram

    A post shared by ANAVITÓRIA (@oanavitoria) on

    Por fim, Iorc publicou outro vídeo e avisou que essa era a última vez que trataria do assunto publicamente. Ele agradeceu as meninas pela resposta e expôs mais uma vez o atrito com Simas. “Meninas, acabei de assistir ao vídeo de vocês e quero agradecer pela educação na resposta. Quero retribuir aqui com muito carinho e esclarecer mais algumas coisas. Como vocês mesmas disseram, eu nunca deixei de liberar nenhuma música para vocês. E nunca vou fazer. A questão não é com vocês. Eu sei que meus direitos estão resguardados, os direitos de vocês também. Mas outras pessoas também se beneficiam dessa liberação. Dentre elas, uma pessoa que vem me prejudicando. Não acho certo que uma pessoa que prejudica o meu trabalho se beneficie do meu trabalho“, relatou.

    Ele disse que o problema dele com o empresário precisa ser resolvido antes de as liberações acontecerem. E ressaltou que o afastamento das meninas foi consequência dos danos que sofreu por causa de Felipe. “Quero deixar claro que tenho muito carinho pelo trabalho de vocês e respeito pela nossa história. Tenho certeza que, no que depender de mim, isso vai ser resolvido o quanto antes. E estou aqui aberto para um diálogo”, finalizou.

    View this post on Instagram

    A post shared by TIAGO IORC (@tiagoiorc) on

    E aí, o que achou de tudo isso?

    Continua após a publicidade
    Publicidade