Scarlett Johansson está processando a Disney por quebra de contrato

A atriz alega que tinha um acordo com a Marvel que envolvia seu cachê e o lançamento de Viúva Negra apenas nos cinemas

Por Da Redação Atualizado em 29 jul 2021, 18h41 - Publicado em 29 jul 2021, 18h38
de um lado, o hidratante, o perfume e a máscara facial hello stars, dispostos lado a lado. De outro, as frases: Cada estrela é única, como você. Conheça a nova linha Hello Stars. Todos os elementos estão em um fundo azul escuro com estrelas que brilham
CAPRICHO/Divulgação

Nesta quinta-feira (29/7), o The Wall Street Journal divulgou que Scarlett Johansson, nossa querida Natasha Romanoff, deu entrada em um processo contra a Disney na última quinta-feira (28/7), em Los Angeles. De acordo com o veículo, o motivo foi uma quebra de contrato quando o filme Viúva Negra foi adicionado no Disney+ com uma estreia simultânea nos cinemas.

  • Acontece que a atriz tinha um acordo com a Disney’s Marvel Entertainment que garantia exclusividade de lançamento nas telonas. Isso é importante porque a quantia que Scarlett receberia seria “em grande parte” baseada no lucro da bilheteria. O processo diz que, além de ter “induzido intencionalmente a violação do contrato pela Marvel”, a Disney também se favoreceu da imagem da atriz para impulsionar a plataforma de streaming.

    Natasha em cena de Viúva Negra; ela está olhando com expressão séria para frente com o rosto sujo e com destroços ao fundo da foto; estrelas amarelas decoram a imagem
    Viúva Negra Marvel/Disney+/Reprodução

    John Berlinski, o advogado que está representando a atriz, também fez uma declaração sobre o assunto: “Este, com certeza, não será o último caso em que uma estrela de Hollywood enfrenta a Disney e mostra que, não importa o que a empresa pretenda, ela tem a obrigação legal de honrar seus contratos.”

    Ainda segundo o processo, a equipe de Scarlett tentou entrar em contato com a Marvel e a Disney para renegociar os termos após ficarem sabendo da ideia de lançamento duplo, mas não receberam uma resposta. Isso teria causado a perda de mais de 50 milhões de dólares, de acordo com uma fonte com detalhes do contrato.

    A Disney ainda não se manifestou sobre o caso.

    Continua após a publicidade
    Publicidade