Romana Novais fala sobre parto prematuro: “Precisava salvar minha filha”

Emocionada, a médica comentou sobre o parto de Raika, sua segunda filha com Alok, que precisou ser prematuro por complicações do Covid-19.

Por Amábile Reis 7 dez 2020, 10h57
colecao capricho sestini mochila bolsas
CAPRICHO/Sestini/Reprodução

Na quarta-feira passada (2/12), Romana Novais deu à luz a Raika, sua segunda filha com Alok. O parto da bebê precisou ser prematuro por conta de complicações apresentadas pela médica e que foram causadas pela Covid-19. Romana, então, usou as redes sociais para desabafar sobre o assunto.

Ela e o marido haviam sido diagnosticados com Coronavírus poucos dias antes do nascimento de Raika. Novais, que se emocionou diversas vezes ao longo do depoimento, descreveu as dores que sentiu cometidas pela doença como “parecia que todos os ossos do meu corpo estavam sendo quebrados de tanta dor”. Ela precisou se submeter a um parto prematuro após apresentar sangramento durante um exame. A médica teve um quadro de CIVD (Coagulação Intravascular Disseminada) e estava correndo risco de vida.

“Tudo o que eu pensava era que eu precisava salvar a minha filha de qualquer forma, porque eu também não sabia o que estava acontecendo”, comentou.

Raika segue internada na UTI. “Eu não posso visita-la, mas a todo momento vejo ela por Facetime. Isso, para mim, é o mais difícil de tudo”. Durante o desabafo, Alok foi confortar a esposa.

Esperamos que o casal fique bem logo e que Raika volte pra casa em breve <3

Continua após a publicidade

Publicidade