Príncipe Harry se manifesta pela 1ª vez sobre afastamento da realeza

"Espero que entendam o que aconteceu", disse Harry em um discurso

Por Gabriela Zocchi - Atualizado em 20 jan 2020, 13h15 - Publicado em 20 jan 2020, 13h12

Neste fim de semana, príncipe Harry e Meghan Markle abriram mão oficialmente no título “sua altera real”. Agora, Harry perde o título de príncipe e responde apenas como duque de Sussex, assim como sua esposa, que atende como duquesa de Sussex.

meghan-markle-principe-harry-anunciam-gravidez
Paul Edwards - Pool/Getty Images

De acordo com o jornal The Mirror, a rainha Elizabeth II não aceitou a proposta do casal de encontrar um meio termo entre a vida de plebeus e de realeza, e decidiu que Harry e Meghan não vão mais representá-la. Eles também não receberão mais fundos públicos e ainda irão devolver 2,4 milhões de libras usadas na reforma de Frogmore Cottage, a casa de Windsor que continuarão usando no Reino Unido.

Depois do anúncio, Harry se manifestou pela primeira vez sobre o afastamento de seu cargo da família real. “Antes de começar, devo dizer que imagino o que devem ter ouvido ou lido nas últimas semanas. Então quero que ouçam a verdade de mim, tanto quanto eu posso compartilhar – não como príncipe ou duque, mas como Harry, a mesma pessoa que muitos de vocês viram crescer nos últimos 35 anos”, começou ele em um discurso na instituição de caridade de Sentebale, que acolhe crianças afetadas pelo vírus do HIV.

Em meio ao seu longo pronunciamento, Harry também defendeu Meghan, dizendo que escolheu como esposa “alguém que detém os mesmos valores” que ele, e deu a entender que alguns dos rumores de que os dois queriam maior representatividade dentro da família real provavelmente eram verdade.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

at tonight’s dinner for supporters of Sentebale in London Video © SussexRoyal

A post shared by The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) on

“Quando Meghan e eu nos casamos, ficamos empolgados, esperançosos e estávamos aqui para servir. Por esses motivos, me sinto muito triste que tenha chegado a isso. A decisão que tomei para que minha esposa e eu recuássemos não foi sob ânimo leve. Passamos por muitos meses de conversas depois de tantos anos de desafio. Eu sei que nem sempre entendi direito, mas no que diz respeito a isso, realmente não havia outra opção. O que quero esclarecer é que não fomos embora e certamente não estamos abandonando vocês”, esclareceu ele.

Harry contou ainda que desejava permanecer na realeza, mas com responsabilidades menores, mas a proposta não foi aceita. “Nossa esperança era continuar servindo à rainha, à comunidade e às minhas associações militares, mas sem financiamento público. Infelizmente, isso não foi possível. Aceitei sabendo que isso não muda quem eu sou ou como estou comprometido. Espero que entendam o que aconteceu, que eu estou afastando minha família de tudo que já conheci para dar um passo adiante no que espero que possa ser uma vida mais pacífica”, completou ele.

familia-real-casamento-principe-harry-meghan-markle
Meghan Markle agora faz parte da família real oficialmente Alexi Lubomirski/Divulgação

Para encerrar, o pai de Archie afirmou que, apesar de não ter podido seguir suas decisões, sempre será muito grato à rainha Elizabeth II. “Sempre terei o maior respeito por minha avó, minha comandante e chefe, e sou incrivelmente grato a ela e ao resto da minha família pelo apoio que demonstraram a Meghan e a mim nos últimos meses”, terminou.

Continua após a publicidade
Publicidade