Pisou no prato que comeu? Miley Cyrus julga hip hop e é criticada

Cantora se defende nas redes sociais.

Por Da Redação - Atualizado em 6 Maio 2017, 11h03 - Publicado em 6 Maio 2017, 11h00

Em entrevista a Billboard, Miley Cyrus contou sobre sua nova fase na carreira, que será mais voltada para o country, e fez várias declarações que chamou a atenção das pessoas. A maioria delas foi vista com bons olhos, mas outras, no entanto, despertaram a ira de uma galera.

Pisou no prato que comeu? Miley Cyrus julga hip hop e é criticada
Reprodução/Reprodução

A cantora afirma, por exemplo, que se frustou muito com o movimento hip hop. “Eu amo a música nova do Kendrick (Humble), que diz: ‘Me mostre algo natural como bundas com estrias’. Eu amo isso, porque não é, ‘venha sentar no meu p**, chupe a minha p***’. Não consigo mais ouvir isso”, declarou Miley, que fez parcerias com rappers em um passado não tão distante.

Exatamente por isso, muita gente anda criticando a americana e dizendo que ela está pisando no prato que comeu, como se tivesse gostado de hip hop apenas quando o gênero foi interessante para ela e para a sua carreira.

Continua após a publicidade

No Twitter, a colunista Britt Julious escreveu: “Miley Cyrus vestiu a cultura do hip hop como uma fantasia. Abandou ela. E agora a estereotipa”. Muitos usuários concordaram com a moça, mesmo aqueles que gostam do trabalho da cantora.

Continua após a publicidade

A questão levantada por muitos, e a que mais incomoda, é que a cantora branca se apoderou de todo um gênero musical e de uma cultura essencialmente afro, e depois fez como se isso nunca tivesse acontecido.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

No Instagram, porém, Cyrus fez questão de explicar que nunca pisou no prato que comeu nem criticou o hip hop. Ela apenas cresceu e percebeu que algumas letras são bastante machistas e que isso a incomoda, mesmo muita gente defendendo que essa é a essência do estilo musical. “Conforme fui ficando mais velha, fui percebendo o efeito que a música tem sobre o mundo. Vendo onde nós estamos hoje, eu sinto que a nova geração precisa ouvir músicas com letras positivas e fortes”, explica Miley, que ainda completa dizendo que continua respeitando o rap e todos os gêneros musicais: “Infelizmente, muitas publicações gostam de focar apenas nas partes mais sensacionalistas de uma entrevista“.

https://www.instagram.com/p/BTvUhAYBU2n/?taken-by=mileycyrus

Lembrando que você pode curtir um gênero musical e não concordar com tudo o que é feito dentro dele. O mesmo vale para um artista. Talvez esse tenha sido o ponto ao que Miley Cyrus quis chegar… O que vocês acham?

Continua após a publicidade
Publicidade