Paula, do BBB19, tenta defender Petrix no Altas Horas

Ela foi interrompida por Vanessa, do BBB14, que disse: "Nada justifica"

Por Da Redação 9 fev 2020, 12h17

O BBB20 está rendendo tanto assunto que o Altas Horas deste sábado (8) contou com a presença de vários participantes de edições passadas do reality para comentar os casos que têm acontecido recentemente dentro da casa e compartilhar também suas experiências.

  • E é claro que rolou polêmica, né? É que uma das convidadas do programa foi Paula Sperling, vencedora do BBB19, e ao falar sobre as acusações de assédio de Petrix, do BBB atual, ela acabou defendendo o ginasta e dizendo que ele não deveria ser julgado pelo público. “Eu vejo agora, a questão do Petrix, porque ele veio de uma infância… Foi abusado pelo técnico, denunciou e tudo mais. Agora, eu vendo as pessoas massacrando… É perigoso ele cair numa depressão profunda. Quando chega em Novembro Amarelo, todo mundo posta sobre o suicídio…”, começou a mineira, que logo foi interrompida por Vanessa Mesquita, vencedora do BBB14.

    “Mas o BBB é um programa de julgamento. Estamos lá para dar tapa à cara. Eu concordo com isso, do Petrix e tal, mas nada justifica a pessoa que ele está sendo com as meninas lá dentro”, disse a veterinária, recebendo aplausos da plateia.

    Petrix prestou depoimento na Delegacia de Amparo à Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (7), após ser acusado de assédio em três episódios diferentes dentro da casa, envolvendo Bianca Andrade e Flayslane. Já Paula foi acusada de racismo e intolerância religiosa no BBB19.

    Continua após a publicidade
    Publicidade