Normani sobre pausa do Fifth Harmony: “não havia momento melhor para isso”

A cantora falou com a Capricho sobre sua carreira solo e a amizade com as colegas de grupo

Por Gabriela Zocchi Atualizado em 25 abr 2018, 15h31 - Publicado em 25 abr 2018, 14h53

Normani Kordei está prontíssima para sua carreira solo. A cantora já lançou o hit Love Lies, com Khalid, e está em estúdio trabalhando em seu primeiro álbum fora do Fifth Harmony. Em entrevista à CAPRICHO, ela contou o que podemos esperar dessa nova fase de seu trabalho, falou sobre a pausa do 5H e mandou avisar: “vou mostrar parte de mim que as pessoas não conhecem”.

normani-kordei-carreira-solo
Normani Kordei: “quero poder mostrar parte de mim que as pessoas não conhecem” Reprodução/Instagram

CH: Você acabou de assinar com a RCA Records. Parabéns! O que podemos esperar da sua carreira solo?

NORMANI: Vocês podem esperar muitas coisas incríveis. Agora poderei fazer completamente o que meu coração quiser, e isso é um novo mundo para mim. Estou muito animada por poder mostrar parte de mim que as pessoas não conhecem.

CH: Você já está trabalhando no seu primeiro álbum solo. O que pode contar sobre ele?

NORMANI: Ainda estou nos estágios iniciais, tentando descobrir quem sou em termos de som, mas tenho uma ideia de para onde quero seguir como artista. Estou bem empolgada, explorando várias coisas novas.

CH: Está planejando alguma parceria com outros artistas?

NORMANI: Vão rolar algumas parcerias, sim, mas não posso revelar nada ainda. (risos) Vão ser bem legais.

CH: O Fifth Harmony postou recentemente uma foto misteriosa de vocês quatro na frente de uma janela. O que é isso?!

NORMANI: Não posso falar nada. (risos)

 

fifth-harmony-foto-misteriosa
O Fifth Harmony postou essa foto aqui, sem legenda nenhuma, após o anúncio da pausa do grupo Reprodução/Instagram

CH: Aaaah, é um clipe?

NORMANI: Pode ser! Não vou dizer se você está certa ou não, mas pode ser. Aí está sua dica. (risos) Posso dizer que é algo especial, que vai sair muito em breve.

CH: Ok, vou me contentar com isso. E como foi que vocês chegaram à decisão de dar uma pausa? 

NORMANI: Todas tínhamos vontade de fazer algo diferente e mais pessoal. E acho que não havia momento melhor para isso do que agora. Nós trabalhamos muito nos últimos seis anos e já estava na hora. Sinceramente, não acho que a pausa seja algo negativo. Obviamente é um momento triste na música, mas todas nós estávamos prontas para algo novo e merecemos isso.

Continua após a publicidade

CH: Você tem planos de vir ao Brasil?

NORMANI: Sim! Isso provavelmente só vai acontecer depois que o álbum sair, mas com certeza irei ao Brasil. Amo muito os fãs brasileiros. Eles fizeram parte dos nossos shows mais memoráveis. Sempre que alguém pergunta de onde são meus fãs mais loucos, eu sempre digo do Brasil.

CH: Você lançou recentemente a música Love Lies com Khalid. Como foi trabalhar com ele?

NORMANI: Eu e Khalid somos amigos há algum tempo, por isso trabalhar com ele foi algo muito fácil e confortável. Sinto como se o conhecesse minha vida toda.

CH: Vocês se inspiraram em alguma situação real que aconteceu com vocês para a letra?

NORMANI: De jeito nenhum! (risos) Em geral, os artistas entram em estúdio, conversam, buscam uma inspiração e aí, sim, a música vem. Mas desta vez começamos com a melodia, então as letras surgiram meio que naturalmente.

CH: A música está na trilha sonora de Com Amor, Simon. O que você achou do filme?

NORMANI: É tão fofo! Me lembro de receber um email um pouco antes de Com Amor, Simon sair, dizendo que Love Lies estaria na trilha sonora, e fiquei muito empolgada, especialmente porque o filme fala sobre tudo aquilo que acredito e pelo qual eu luto.

CH: Com Love Lies você se tornou a artista solo de uma girlband que chegou na posição mais alta da parada Billboard Hot 100, o que significa que você superou gente como Beyoncé e Diana Ross. Como se sentiu ao saber da notícia?

NORMANI: Eu surtei! Quando descobri que era verdade mesmo, não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo e que, de alguma forma, eu estava entrando para a história. Cresci ouvindo Beyoncé, Destiny’s Child, The Supremes e Diana Ross, por isso alcançar a marca delas não me parece real até hoje. Preciso me beliscar sempre. (risos) Mas me sinto muito orgulhosa.

normani-kordei-beyonce
Normani, Beyoncé e Justine Skye em festa da Roc Nation Reprodução/Instagram

CH: Beyoncé é seu maior ídolo e, recentemente, você a conheceu pessoalmente e ela que veio falar com você. Como não desmaiou?!

NORMANI: Sinceramente, digo para todo mundo que foi Deus. Só pode ter sido, porque eu não teria conseguido ficar em pé sozinha. Desde que tinha uns cinco anos imaginava como seria esse momento. Só de pensar que consegui ser educada e até mesmo falar alguma coisa como um ser humano normal… (risos)

CH: Você sempre fala em como a Beyoncé te inspirou, mas hoje você é que é uma inspiração para outras tantas garotas. Como se sente ao pensar nisso?

NORMANI: É uma responsabilidade, mas quando penso nisso, lembro de quando eu era criança e como a Beyoncé me fazia sentir ao vê-la, ao saber que ela era a rainha da música, que dava tudo de si por aquilo. Eu me identificava ali. Por isso, espero poder inspirar garotas – e garotos – ao redor do mundo, mas também quero que eles se sintam representados e pensem que podem fazer o mesmo que eu, sabe?

Continua após a publicidade

Publicidade