Michael B. Jordan é eleito (com toda razão) o homem mais sexy de 2020

É o terceiro ano consecutivo em que um homem negro ganha o posto de mais sexy do ano pela revista

Por Isabella Otto 18 nov 2020, 12h07
colecao capricho sestini mochila bolsas
CAPRICHO/Sestini/Divulgação

Nesta quarta-feira, 18, a revista People divulgou sua famosa capa de final de ano, em que elege o homem mais sexy dos últimos 365 dias. Em 2020, quem conquistou o posto foi Michael B. Jordan, conhecido por seus papéis nos filmes Creed, Pantera Negra e Namoro ou Liberdade.

Divulgação/Reprodução/CAPRICHO

No Instagram, o ator, de 33 anos, se pronunciou sobre o prêmio e até fez uma brincadeirinha com ele: “Minha avó está olhando lá de cima e falando: ‘Este é o meu bebê!'”, escreveu em postagem na rede social.

Apesar de não achar a conquista a mais importante do mundo, o astro não fez pouco caso e disse que é “um bom clube para se fazer parte”. Lembrando que, em 2019, o posto de homem mais sexy do ano ficou com o cantor John Legend. Em 2018, quem levou a melhor foi Idris Elba.

  •  

    Nas redes, a escolha da People não dividiu opiniões:

    Continua após a publicidade

    Continua após a publicidade

    Continua após a publicidade

    Continua após a publicidade

    Apesar de não haver dúvidas sobre a “maravilhosidade” e o talento de B. Jordan, algumas pessoas levantaram uma questão nas redes: a hipersexualização de homens negros. É o terceiro ano consecutivo em que o prêmio vai para uma celebridade preta. “A linha tênue entre a revista People achar Michael B. Jordan o homem mais sexy do mundo ou estão objetificando o homem negro?”, questionou esta usuária do Twitter.

    Continua após a publicidade

    E você, o que acha dessa discussão? E da escolha da People?

    Continua após a publicidade
    Publicidade