Membro do BTS é ameaçado de morte e polícia dos EUA investiga o caso

As ameaças contra Jimin estavam vindo de um usuário anônimo da plataforma Curious Cat

Por Da Redação 18 jul 2018, 13h04
bts
Frazer Harrison/Getty Images

O cantor sul-coreano Jimin, integrante do BTS, recebeu ameaças de morte feitas por um internauta nos Estados Unidos. Após a denúncia, a polícia americana abriu uma investigação sobre o caso.

As ameaças estavam vindo de um usuário anônimo da plataforma Curious Cat. Nas mensagens, ele prometeu matar Jimin durante o show que o BTS fará em Fort Worth, no texas, no dia 16 de setembro.

Também existe uma linha de investigação feita pela polícia de Los Angeles, pois o usuário teria ameaçado atacar o BTS durante sua passagem pela cidade, no dia 5 de setembro.

No post, o usuário dava detalhes de como seria o ataque, dizendo que iria atirar em Jimin durante a canção Serendipity. A BTS World Tour: Love Yourself é a primeira turnê norte-americana do BTS.

Facebook/Reprodução

Segundo o Korea Daily, a Big Hit Entertainment, agência que cuida da carreira do grupo, soltou uma nota falando que “irá tomar as medidas necessárias contra atividades que ameaçam a segurança dos integrantes e dos fãs”.

Continua após a publicidade

Publicidade