Melanie Martinez fala de novo sobre estupro: “declarações falsas”

Timothy Heller e Madeleine Carina escreveram em seus depoimentos que a cantora forçou a barra para fazer sexo com elas

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2017, 16h42 - Publicado em 10 dez 2017, 16h41
“Confiei em tantas pessoas na minha vida que se aproveitaram dessa confiança para seu próprio ganho pessoal” Facebook/Reprodução

Melanie Martinez usou novamente as redes sociais para desmentir as acusações de estupro feitas por Timothy Heller (que era sua melhor amiga) e Madeleine Carina. Ambas escreveram em seus depoimentos que a cantora forçou a barra para fazer sexo com elas.

Em novo comunicado, postado no Twitter na madrugada deste domingo (10/12), Melanie Martinez disse que declarações são falsas:

Eu entendo o quão difícil pode ser ver o meu lado da história, considerando que ninguém com um coração iria querer invalidar qualquer um que fale sobre esse assunto. Quero agradecer aos meus fãs que aproveitaram o tempo para investigar a linha do tempo, analisar as fotos anteriores do Instagram e questionar a história contada, o que revela suas declarações falsas. Confiei em tantas pessoas na minha vida que se aproveitaram dessa confiança para seu próprio ganho pessoal. Por favor saibam que minhas intenções com tudo o que eu faço na minha vida são sempre puras e eu nunca seria íntima com alguém sem seu consentimento absoluto.

https://twitter.com/MelanieLBBH/status/939706275515981824

A primeira acusação de estupro contra Melanie Martinez aconteceu no dia 4 de dezembro, quando Timothy Heller revelou que a cantou a forçou para que fizessem sexo por noites seguidas. Dias depois, Madeleine Carina tweetou em solidariedade à Heller e contou que “algo parecido aconteceu com ela”.

Continua após a publicidade

Publicidade