Meghan Markle não deverá ser a madrinha do Príncipe Louis porque…

Os padrinhos só serão anunciado no dia do batizado, 9 de julho, mas já existem algumas explicações para a escolha de William e Kate

Por Da Redação Atualizado em 24 jun 2018, 13h22 - Publicado em 24 jun 2018, 13h18

Na última semana, a família real britânica anunciou a data do batizado do Príncipe Louis, terceiro filho de Kate Middleton e do Príncipe William: 9 de julho. A divulgação da notícia fez muitas pessoas especularem sobre quem seriam os padrinhos do bebê. Se você pensou em Meghan Markle, saiba que é pouco provável que isso aconteça, pelo menos se depender dos ingleses.

meghan-markle-não-deve-ser-madrinha-principe-louis
Nas casas de apostas inglesas, as pessoas não acreditam que Meghan Markle será a madrinha do Príncipe Louis Fotos/Getty Images

Calma, não estamos falando de nenhum motivo pessoal com a Duquesa de Sussex. Explicando a história: baseados nos batizados de George e Charlotte, os muitos apostadores do país estão colocando outras pessoas na frente da lista – e Meghan aparece depois da décima posição. A razão? Kate e William costumam escolher amigos próximos e funcionários, não membros da família, como padrinhos de seus filhos. Portanto, há uma possibilidade de que isso se repita agora.

casamento-meghan-markle-principe-harry
Meghan Markle e Príncipe Harry se casaram em 19 de maio WPA Pool/Getty Images
  • De acordo com a casa de apostas inglesa Ladbrokes, os favoritos ao posto são Tiggy Pettifer, ex-assistente e babá de William e Harry, e Miguel Head, secretário particular de William, que em breve deve deixar o cargo. Laura Lopes, filha de Camilla (a esposa do Príncipe Charles), também aparece com destaque.

    Os escolhidos devem ser anunciados no dia do batizado. A cerimônia acontece na Capela Real do palácio de St. James, em Londres.

    Algum palpite?

    Continua após a publicidade
    Publicidade