Maycon acertou ao dizer que “revolucionários” não vencerão o BBB19?

Com Gabi eliminada e Rízia praticamente saindo junto, o melhor que pode acontecer agora é Alan levar o prêmio

Por Vand Vieira - Atualizado em 11 abr 2019, 16h09 - Publicado em 9 abr 2019, 01h05

“Eu penso que o Brasil hoje em dia tá muito família. Qualquer coisa que você fizer que for revolucionária… O Brasil não tá nessa fase. O Brasil quer mudança. Isso aqui é um jogo pra família. Minha mãe assiste isso aqui”. Essas palavras foram ditas por Maycon no começo do BBB19, pouco após a eliminação de Hana. Na época, nem dei muita bola (Gaiola estava no auge), só que infelizmente chegou a hora de admitir que talvez ele tivesse razão.

Uma negra lésbica, um morador da Favela da Rocinha (RJ), uma mulher nordestina que trabalha em uma área que ainda é muito dominada pelos homens, uma feminista vegana… Ver a eliminação de cada um desses participantes enquanto Paula se fortalecia aqui fora com base em discursos preconceituosos foi e ainda é angustiante — alguém me ajuda a entender os conceitos de “família” e “bons exemplos” dessas pessoas?

Continua após a publicidade

No momento, as principais enquetes que rolam na internet apontam que Rízia deve ser a próxima a deixar a casa. Com isso, Alan será o último representante da Gaiola e se consolida como o mais merecedor de embolsar R$ 1,5 milhão entre os finalistas.

Ok, além de “planta”, ele é branco, loiro, hétero, cisgênero e tudo mais. Mas também se mostrou um cara zero masculinidade frágil/tóxica e muito disposto a ouvir e a aprender com quem tem uma realidade diferente (mais difícil do que a dele). Fora que nosso surfista good vibes ama a natureza e os animais e, mesmo depois de tantas mancadas, nunca mudou com os amigos. Muito pelo contrário:

Se Maycon estiver certo e esse anjo também não vencer o Big Brother Brasil competindo contra #Paurifish, CANCELA. Precisa voltar em 2020, não. 

Continua após a publicidade
Publicidade