Lucas Lucco perde processo de plágio de Mozão: “Consciência tranquila”

O cantor, que foi condenado a pagar indenização para Gabriel Banderas, garante que compôs a canção lançada em 2014

Por Da Redação Atualizado em 14 jun 2021, 17h44 - Publicado em 14 jun 2021, 14h12
Ao centro, modelo usa cropped azul de manga comprida. Ela está com uma das mãos na cintura, sorrindo. De um lado, a frase
Marisa/Divulgação

Lucas Lucco usou o Instagram para desabafar sobre o processo de plágio da música Mozão, movido contra ele pelo cantor Gabriel Bandeiras, sob a alegação de cópia da faixa Cuido de você, Você Cuida de mim. Lucco foi condenado e terá que pagar indenização à Bandeiras.

Com toda a repercussão, Lucas afirma que nunca tinha escutado a canção de Gabriel até receber o processo e que compôs Mozão, hit que fez alavancar sua carreira em 2014. “Escrevi a música sozinho, em Goiânia, na época em que eu não tinha um nome ainda muito conhecido“, disse ele nos Stories.

“Faz anos que esse processo estava correndo e teve o veredito agora sobre o valor que vou te passar”, disse na rede social diretamente a Bandeiras, sem revelar detalhes do valor a ser pago.

Desejo que, de alguma forma, essa grana possa vir como uma benção pra você. Mas essa é a justiça do homem, esse pagamento vai acontecer de acordo com a resolução que o homem teve, mas no fundo do seu coração, você acha que eu tinha ouvido a sua música?”, questionou. 

Continua após a publicidade

“Peço desculpas também por ter causado algum tipo de desconforto pra você, mas hoje eu deito na cama, vou deitar em meu travesseiro, com a consciência totalmente leve, totalmente limpa por saber que não fiz nada de errado”, finalizou o artista.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mafalda Mc (@mafaldamc2019)

Lucas chega a colocar trechos da canção Cuido de você, Você Cuida de mim, de Gabriel Banderas, em seus stories. Confira:

Nos comentários do vídeo, muitos internautas saíram em defesa de Lucco, dizendo que a frase da música de Gabriel é muito popular. “Construção com frase simples e de uso popular…. Para mim foi pura coincidência! É o mesmo que reclamar por: ‘EU TE AMO BABY!'”, escreveu um perfil.

Continua após a publicidade

Publicidade