Liam Payne relembra brigas e fala de outros membros da One Direction

Em entrevista ao podcast "Impaulsive", o britânico compartilhou situações delicadas de seu tempo de banda.

Por Bruna Parrado Atualizado em 3 jun 2022, 19h08 - Publicado em 1 jun 2022, 19h07
Liam Payne com fone e microfone
Liam Payne, ex-integrante da One Direction. Instagram/Divulgação

Liam Payne foi o mais recente convidado do Impaulsive, podcast comandado por Logan Paul. O episódio com o britânico está dando o que falar nas redes sociais, principalmente algumas revelações polêmicas envolvendo ele e outros integrantes da One Direction.

Durante a conversa, o apresentador relembrou uma antiga briga de Zayn Malik com seu irmão Jake Paul – que alegou que o cantor teria sido rude com ele. Na época, Gigi Hadid saiu em defesa do ex-namorado e foi justamente isso que virou piada entre Logan e Liam.

“Então, ela tweetou sobre ele ser um homem respeitoso ou algo assim. Isso não envelheceu muito bem…”, comentou Liam – fazendo referência à situação que ocorreu entre Zayn, Gigi e sua mãe Yoland em setembro do ano passado.

Antes de nos aprofundarmos no assunto, há muitas razões para eu não gostar de Zayn e muitas também para eu sempre estar do lado dele”, disse o britânico. Liam também falou sobre a infância do ex-colega de banda: “Se eu tivesse que passar por tudo que ele passou em seu crescimento… Meus pais me apoiam muito ao ponto de ser irritante às vezes. Zayn teve uma criação bem diferente nesse sentido.

Apesar de não concordar com suas ações, Liam disse que já tentou ajudar Zayn algumas vezes. “Não posso elogiar algumas das coisas que ele fez. Não posso estar ao lado dele por isso. O que posso dizer é que entendo e a minha única esperança é que, em algum momento de sua vida, a pessoa do outro lado do telefone queira receber a ajuda que você está disposto a dar“.

Liam também contou que teve dificuldades de se conectar com os meninos no início da 1D. “Louis era louco. Ele queria ser louco. Ele tem esse espírito. Na banda, nós nos odiávamos”, contou ele – afirmando que agora são “melhores amigos”, aproveitando para elogiar algumas atitudes de Louis também.

Continua após a publicidade

Na conversa, o britânico falou mais sobre problemas que teve na época da One Direction. “Acho que era algo que todo mundo sabia na banda, que eu estava usando drogas. Em certo momento eu deixei bem óbvio, não vou te contar como. Teve um momento que teve uma discussão nos bastidores e um integrante em particular me jogou contra a parede. E eu disse: ‘Se você não remover essas mãos, há grandes chances de nunca mais movê-las.'”

Relembrando o início do grupo, Liam revelou algo inédito: “Parte da 1D ter sido criada foi por conta de uma promessa de Simon [Cowell, jurado do The X Factor e empresário da banda] para mim, que em dois anos ele faria as coisas acontecerem para mim. Então, ele começou com o meu rosto e foi trabalhando o resto.”

As carreiras solos dos integrantes da banda também foram um dos tópicos do podcast. Sobre seus lançamentos, Liam comentou: “Primeira música, bilhões de reproduções. Eu acho que vendeu mais do que todos da banda, e eu fui o último a lançar [música solo]”. O que parece que não é verdade, segundo números levantados por fãs de Harry e Zayn…

O que achou das falas do cantor?

Continua após a publicidade

Publicidade