Jogos Vorazes: Novo livro da série é lançado no Brasil

O livro A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes conta com 576 páginas e já está sendo vendido!

Por Anny Caroline Guerrera Atualizado em 19 jun 2020, 18h07 - Publicado em 19 jun 2020, 10h00

Saudades de Jogos Vorazes? Se sim, pode comemorar, porque A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes, quarto livro da série, foi lançado no Brasil e já está sendo vendido! Ou seja, agora você tem a chance de retornar ao incrível universo criado por Suzanne Collins.

O livro se passa 64 anos antes da história de Katniss e explora o passado de Coriolanus Snow. O grande vilão da trilogia original terá sua história contada no período em que tinha apenas 18 anos e se preparava para ser mentor na 10ª edição dos Jogos.

View this post on Instagram

Qual é a sua maior curiosidade sobre "A cantiga dos pássaros e das serpentes"? Lembrando que o livro será lançado nessa sexta-feira e já está disponível em todas as livrarias! #acantigadospassarosedasserpentes #JogosVorazes #Livros #books #rocco45anos

A post shared by Editora Rocco (@editorarocco) on

Confira a sinopse oficial:

“O jovem Coriolanus Snow luta para manter as aparências em Panem, um país distópico e de governo ditatorial. Escondendo os problemas financeiros da família que um dia tinha sido importante, Snow depende de sua capacidade de encantar, enganar e manipular seus colegas estudantes para conseguir mentorar o tributo vencedor. Porém, a sorte não está ao seu favor. A ele foi dada a tarefa humilhante de ser mentor da garota tributo do Distrito 12, o pior dos piores. O destino dos dois estarão interligados e toda escolha que Coriolanus fizer pode significar sucesso ou fracasso, triunfo ou ruína.”

A autora conversou com o editor David Levithan sobre o novo livro e revelou que gostou de ter voltado no tempo para explicar melhor o funcionamento dos Jogos – e ainda contou o que usou de inspiração para essa nova história: “Pensei muito no período após a Guerra Civil nos Estados Unidos e também na era pós-Segunda Guerra Mundial na Europa. Pessoas tentando se reconstruir, vivendo suas rotinas em meio aos escombros. Os desafios da escassez de alimentos, infraestrutura danificada, sem saber como proceder em tempos de paz. O alívio do término da guerra juntamente com a amargura em relação ao inimigo. A necessidade de colocar a culpa”, disse.

Compre aqui o livro de 576 páginas foi publicado pela editora Rocco e traduzido por Regiane Winarski.

Continua após a publicidade

Publicidade