Impossível não se apaixonar (mais) pelo Imagine Dragons no Lolla

A banda juntou um público enorme no palco Onix do festival neste sábado, 24

Por Bruna Nobrega - 25 mar 2018, 00h50

Foi com um “oi, galera”, assim mesmo, em português, que Imagine Dragons começou seu show no Lollapalooza Brasil neste sábado (24/03). Não dava pra acreditar na quantidade de pessoas que eles reuniram no espaço entre os palcos Onix e Axe (sim, a galera chegava até o palco ao lado).

 

Provavelmente mais da metade do público do festival estava lá, mas a banda não se deixou intimidar e fez um show memorável com os melhores coros possíveis, principalmente durante os maiores hits, como It’s Time, Whatever It Takes, Demons e Thunder.

Dan Reynolds não poupou momentos para se aproximar do público. Ele desceu do palco durante It’s Time e passeou pelo pit perto da galera, se enrolou na bandeira LGBT e na bandeira do Brasil e fez discursos emocionantes sobre igualdade e amor.

Antes de Demons, inclusive, o vocalista falou sobre doenças mentais e se abriu sobre sua própria depressão. “Nós vivemos em um mundo em que as pessoas escondem isso porque acham que é uma fraqueza. Por isso não devemos mais estigmatizar isso na nossa cultura. A música salvou minha vida”, disse para o público.

Foi com Radioactive que a banda fechou a apresentação e não teve uma pessoa que ficou sem cantar junto. “Nós amamos vocês e vamos voltar e voltar e voltar. Esse é o melhor lugar no mundo inteiro pra se apresentar”, finalizou o vocalista. Podem voltar mesmo!

Continua após a publicidade
Publicidade