Zara Larsson dá show de simpatia no Lollapalooza 2018

A cantora sueca interagiu o tempo todo com o público e ainda prestou homenagem a Marielle Franco no primeiro dia de Lolla BR

Por Gabriela Zocchi Atualizado em 24 mar 2018, 01h17 - Publicado em 24 mar 2018, 01h13

Assim que subiu no palco Axe no primeiro dia do Lollapalooza Brasil 2018, Zara Larsson deixou claro que o que mais buscava nesta tarde de sexta-feira (23) era uma conexão forte com o público. “Brigada, São Paulo! Como vai?”, arriscou em bom português assim que terminou de cantar a primeira música, Never Forget You.

zara-larsson-da-show-de-simpatia-lollapalooza-2018
Zara Larsson interagiu com os fãs o tempo todo no Lollapalooza 2018 Diego Padilha/I Hate Flash/Divulgação

O show seguiu com Sundown, que deixou o clima de fim de tarde ainda mais especial. Antes de cantar What They Say, Zara fez um discurso todo especial pedindo para os fãs deixaram de lado o ódio e a negatividade e focarem no amor. “F***m-se os haters”, disse em alto e bom som. Certíssima, né?

Em meio a sucessos como Ain’t My Fault, TG4M e So Good, a cantora sempre dava um jeito de interagir com a galera, seja pedindo para todo mundo bater palmas ou gritar muito. “Estou muito feliz de estar aqui. Obrigada por virem”, repetiu algumas vezes, dizendo que estava curtindo muito o Brasil.

zara-larsson-lollapalooza-brasil-2018
Zara Larsson mostrou que dança muito no show do Lollapalooza BR Diego Padilha/I Hate Flash/Divulgação

Vestindo um top preto com transparência e uma calça xadrez com muitos cristaizinhos brilhantes, Zara mostrou que além de cantar muito, ainda arrasa na dança. Em I Would Like e Make That Money Girl, por exemplo, alguns fãs até tentavam acompanhar seus movimentos.

  • Antes de cantar Don’t Let Me Be Yours, Zara prometeu lançar músicas novas em breve, e emendou a faixa, escrita com Ed Sheeran, com o cover de Shape of You, do ruivinho.

    Apesar da agitação, o show dela no Lollapalooza também teve seus momentos mais tocantes. Em I Can’t Fall in Love Without You, Zara sentou num banquinho e, com sua voz poderosa, fez algumas pessoas na plateia chorarem de emoção.

    zara-larsson-lollapalooza-brasil-2018 (2)
    Zara Larsson escolheu um look cheio de transparências e brilho para o Lollapalooza 2018 Diego Padilha/I Hate Flash/Divulgação

    Mas nenhum momento foi mais especial do que quando ela dedicou o single Symphony, originalmente cantado em parceria com o grupo Clean Bandit, a Marielle Franco. “Ela lutava pelos LGBTs. Lutava contra a violência policial e por justiça social. Quero dedicar essa música a Marielle e quero que todos cantem a plenos pulmões”, pediu ao público, que seguiu seu desejo à risca. Emocionante!

    Continua após a publicidade
    Publicidade