Harry Styles fala sobre inseguranças que tinha no início da One Direction

O cantor relembrou a formação do grupo e confessou ter sentido medo de que "tudo parasse"

Por Bruna Parrado Atualizado em 16 nov 2021, 16h59 - Publicado em 16 nov 2021, 16h31

Harry Styles é a mais nova capa da revista Dazed. Além de revelar que está lançando sua própria marca de cosméticos, o cantor contou mais sobre os tempos de One Direction e fez com que os fãs ficassem com ainda mais saudade do grupo.

View this post on Instagram

A post shared by Dazed (@dazed)

Durante a entrevista, o britânico relembrou a formação da banda no The X Factor, reality show musical que uniu os integrantes. “Eu tinha 16 anos, tinha acabado de terminar a escola e não sabia realmente o que estava acontecendo”, contou Harry, que participou inicialmente das audições sozinho – assim como Niall, Liam, Louis e Zayn.

Rapidamente, o quinteto conquistou o coração do público e se tornou um grande sucesso, mas ele confessou que tinha certas inseguranças sobre quanto tempo continuariam fazendo aquilo juntos: “Tudo era realmente novo e empolgante e eu não sabia quanto tempo tudo iria durar. Foi tipo: ‘Uau, por quanto tempo podemos continuar assim?’ Porque eu realmente não esperava que nada disso acontecesse.

Foto dos integrantes do One Direction no tapete vermelho posando. Todos estão de preto e Harry está com um chapéu.
Liam Payne, Niall Horan, Louis Tomlinson, Zayn Malik, e Harry Styles do One Direction no American Music Awards 2014 em Los Angeles, Califórnia Frazer Harrison/Getty Images

“Houve um tempo em que eu era mais jovem e, estava na banda, em que teria medo que tudo parasse. Eu não sabia necessariamente quem eu era se não estivesse na banda”, disse Styles, que foca em sua carreira solo desde o anúncio de pausa do grupo em 2016.

Atualmente, o cantor revela que se sente muito mais confiante em relação à visão das pessoas sobre seu trabalho: “Agora, a ideia das pessoas dizerem, ‘Nós não gostamos mais da sua música, vá embora’ não me assusta. Acho que houve um tempo em que isso aconteceu. Isso me dá a liberdade de dizer, ‘Ótimo!’. Não estou trabalhando com medo. Estou trabalhando de um ponto de vista de querer resolver as coisas e tentar coisas diferentes.”

Continua após a publicidade

Publicidade