Fiuk fala da briga do bolo e de desafios no BBB21: “Coragem de ser eu”

"Eu duvidava muito da minha capacidade. Minha insegurança me cegou em vários momentos da minha vida", disse Fiuk sobre superações no reality

Por Anny Caroline Guerrera Atualizado em 5 Maio 2021, 17h39 - Publicado em 5 Maio 2021, 17h26

Com 4,62% dos votos, Fiuk conquistou o terceiro lugar do BBBB21. O cantor conversou com a imprensa na manhã desta quarta-feira (5/5) e falou sobre alguns momentos marcantes que viveu na casa. Entre tretas de comida (como não lembrar do famoso bolo?) e superações pessoais, a trajetória do participante trouxe diversos ensinamentos que foram mencionados na coletiva.

  • A questão financeira do cantor foi um dos primeiros assuntos questionados, já que os memes e as notícias sobre o tema viralizaram nas redes sociais nesta reta final do reality. “Ainda não rolou o momento do sermão!”, brincou Fiuk ao revelar que ainda não falou com seu pai, Fábio Júnior, sobre o assunto. Ele aproveitou para explicar que, como parte da classe artística, sofreu grande impacto financeiro devido a pandemia. “Eu vivo, sempre vivi, de eventos, desde os 16 anos de idade. Eu tinha acabado de investir em um evento e chegou a pandemia. Não tenho vergonha de dizer, eu passei por um momento ruim, assim como tantos artistas”, relatou.

    Eu sempre tive vergonha, sempre escondi isso, então já que estava me expondo, acho que perdi a vergonha de dizer que estava em um momento ruim, como várias pessoas, vários artistas, desde o começo da pandemia. Mas confesso que me emocionei demais ali na hora, fiquei meio emocionado”, disse Fiuk. Ainda falando do lado financeiro, o cantor respondeu sobre os rumores de que receberia uma mesada: “Eu sou emancipado, desde os meus 16 anos de idade que ninguém me paga 1 real de nada. (…) Não teria vergonha se ele me pagasse mesada, mas infelizmente, para a galera dos memes, ele não paga”, revelou.

    Fiuk posando para foto com as mãos fazendo símbolo do rock usando camiseta marrom e bandana preta amarrada no pescoço
    Fiuk em ensaio do BBB21 Globo/João Cotta/Divulgação

    Sobre seus aprendizados na casa, o brother contou que precisou de bastante coragem para superar os desafios de encarar um reality show: “Eu acho que tive coragem de ser eu. Com todos os meus defeitos e qualidades, eu tive coragem de assumir de fato o que eu era. Sempre fui muito inseguro, me escondi. A gente vive nesse mundo em que tem que ser perfeito, bacana o tempo todo (…) Então, eu me dei o direito de ser imperfeito, assim como todo mundo. Eu tinha essa necessidade”, explicou.

    Mas afinal, o que vai ser diferente daqui pra frente? O cantor disse que se sente mais seguro agora. “Eu duvidava muito da minha capacidade. Minha insegurança me cegou em vários momentos da minha vida. O Big Brother me ensinou diariamente a ser forte, a me superar mais um dia, a reconhecer um erro mais um dia, me aceitar mais um pouco. Isso me mudou para o resto da vida. Não sei nem explicar”, revelou Fiuk. “Estou muito mais tranquilo, mais leve, seguro e decidido”, completou.

    Montagem com imagem e Fiuk, Juliette com a cabeça baixa e os dedos entre os olhos e o bolo de chocolate feito por Fiuk no meio
    BBB21: Entenda a briga pela cobertura do bolo entre Fiuk e Juliette Reprodução/Globo

    Já sobre a famosa briga do bolo que teve com Juliette, o cantor explicou o que rolou na situação: “A Juliette, vou te falar… Ela é demais! Ela até me irrita de tão legal que ela é. Tinham momentos, como esse da calda, que ela puxou um pouquinho ali (da calda) e foi o que eu não acreditei. (…) Ela puxou a caldinha para o meio e chamou as meninas, elas olharam e ela já tinha colocado no meio. Falei: ‘Ué, Juliette? Você puxou a calda para o meio do bolo?'”, explicou. Ele ainda disse que foi aquela típica briga de BBB e que o fator de estar no paredão quando toda situação aconteceu, acabou aumentando um pouco a intensidade da situação.

    Continua após a publicidade
    Publicidade