Fã idosa processa Anitta por aparecer em seu documentário na Netflix

Os advogados da cantora afirmaram que ela ainda não foi notificada. Entenda o caso!

Por Vitória Macedo 14 jan 2021, 15h22

Se você assistiu ao documentário de Anitta na Netflix, Anitta: Made in Honório, deve se lembrar da senhora que pega a cantora de surpresa em sua casa. Essa senhora se chama Dona Maria Ilza de Azevedo e está movendo um processo contra a ídola justamente por causa dessa cena, de acordo com a colunista Fábia Oliveira. Os advogados de Anitta ja se pronunciaram sobre o caso. Vem entender a polêmica. 

  • Dona Maria Ilza soube que apareceu na série documental da Poderosa em um momento muito delicado, quando estava internada na CTI por complicações da Covid-19. Ela começou a receber ligações de vizinhos e parentes, em sua maioria zombando de sua aparição. Alguns até chegaram a questionar a sanidade mental da senhora. Isso porque em Anitta: Made In Honório, Maria Ilza surpreende Anitta ao aparecer sentada no sofá de sua casa enquanto ela experimentava roupas de um estilista. “O que Tia Ilza está fazendo aqui dentro?”, questiona a cantora. A fã entrega um presente para ela. “Eu fiz essa blusinha para você usar quando estiver frio”. 

    Segundo o processo de Dona Maria Ilza, a produção mostra como se ela tivesse aparecido sem autorização na casa de Anitta, dando a entender que ela é uma intrusa, o que, segundo os advogados da senhora, não seria verdade. “Para piorar, a atitude nefasta, covarde, mesquinha, das rés [Anitta e Netflix] acaba criando um mal estar na equipe de produção, que discute uma suposta falha na segurança em relação à presença da Autora [Maria Ilza]”, relata o processo.

    Outra questão apontada na ação foi a utilização da imagem sem autorização. Autora vira o motivo da indignação e o quadro do qual ela aparece passa a ter grande importância no documentário, dando a entender que sua entrada na casa, devidamente autorizada, foi uma ingrata surpresa – um erro – do qual a Autora aproveitou-se para burlar regras, de forma clandestina, tanto é que esta chega a discutir com seus funcionários. Neste momento a Autora é transformada em uma ‘cara de pau’ que conseguiu entrar na casa da famosa Anitta, passando a ser achincalhada pelo mundo afora, tendo em vista que Anitta é uma ‘estrela global’”, argumentou o advogado.

    A aparição gerou meme e até no hospital onde estava internada, Dona Maria Ilza virou atração, o que foi uma situação nada agradável para ela.

    Continua após a publicidade

    O que diz a defesa de Anitta

    Os advogados da cantora também se pronunciaram. “Por meio de nota, os advogados de Anitta informam que a cantora ainda não foi notificada pela justiça sobre o caso. Reforçam que a ideia da série documental é mostrar a realidade da vida de Anitta, sem manipular a veracidade dos fatos e com a expressa autorização de todos os envolvidos”, alegou a defesa da cantora. A Netflix informou que não comenta processos em andamento.

    Anitta já havia se pronunciado no seu Instagram, após a estréia da série, sobre a cena. Ela declarou que não gosta de visitas inesperadas em sua casa. “Realmente, pelo amor de Deus, ela é uma fofinha, inclusive… Mas qualquer ser humano que entre na minha casa sem ser convidado, então vou gostar não. Eu só tratei bem justamente por ela ser uma senhora de idade, mas a minha casa é o único lugar que eu tenho para dar um peido em paz“, disse. “Já aconteceu umas duas vezes e eu tratei muito mal, viu. Quase tirei à vassourada“, completou.

     

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade