Chris Evans estará em filme mais caro da história da Netflix. Saiba mais

Além do nosso eterno Capitão América, Ryan Gosling também estará no longa. Os custos de gravação são similares aos de filmes com porte e complexidade de 007

Por Amábile Reis Atualizado em 17 jul 2020, 22h04 - Publicado em 17 jul 2020, 14h33

Eita, minha gente. De acordo com o Deadline, Chris Evans (Capitão América) e Ryan Gosling (La La Land) serão protagonistas do filme mais caro da história da Netflix. Os atores foram escalados para atuar em The Gray Man, trama dirigida pelos irmãos Russo, que são responsáveis, por exemplo, por Vingadores: Ultimato.

O veículo estima que o custo da produção está em torno de US$ 200 milhões. Na conversão atual, isso seria o equivalente a mais de *1 BILHÃO DE REAIS*. Tá bom para você, bb? Esse dinheiro todo seria investido com o objetivo de criar uma franquia que tenha o mesmo porte e complexidade de filmes como 007.

Filme com Chris Evans e Ryan Gosling para a Netflix tem um custo estimado de R$ 1 bilhão Getty Images/Getty Images

A história é baseada no livro de Mark Greaney, de 2009, que acompanha a vida de Court Gentry, um ex-agente da CIA que virou um insuperável assassino de aluguel. Gosling será o responsável em interpretar o protagonista, que é caçado por Lloyd Hansen (Evans), um ex-colega da CIA.

Vale lembrar que a adaptação já é discutida há quase uma década. Houve até especulações de que Brad Pitt e James Gray teriam os papéis principais. Agora, os irmãos Russo pretendem transformar a trama em uma franquia e querem garantir o retorno de Gosling para os outros filmes. Por ora, não há previsão de estreia para The Gray Man.

Continua após a publicidade

Publicidade