BTS encerra a turnê Love Yourself: Speak Yourself em Seul

Com três noites de show e pura emoção, a era Love Yourself já deixou o ARMY com saudades

Por Gustavo Balducci - 2 nov 2019, 10h00

Os últimos dias foram de muita emoção para o ARMY. Realizada durante três dias na capital Seul, a turnê do BTS, Love Yourself: Speak Yourself, completou sua agenda de espetáculos e, com ela, também chegou ao fim a era Love Yourself. A série de shows também serviu como presente de boas vindas para o fandom sul-coreano, que recebeu o septo num lugar especial e bem apropriado para a ocasião: o Estádio Olímpico de Seul – até mesmo o perfil oficial das Olimpíadas fez questão de se pronunciar, e escreveu “31 anos após os Jogos Olímpicos de Seul, em 1988, o legado olímpico continua com o BTS”.

Rompendo todas as barreiras que um idioma diferente poderia impor, o BTS rodou o mundo com a sua música universal através dos integrantes talentosos V, Jungkook, RM, Jin, Suga, Jimin e J-Hope. Antes de voltar para casa, o grupo quebrou inúmeros recordes de vendas, liderou as paradas inglesas e americanas, lotou estádios icônicos como o Wembley Stadium, em Londres, e o Stade de France, em Paris – não há dúvidas de que o grupo também se emocionou muito nessa etapa final. Os jovens abriram a última noite de shows no dia 29 com a eletrizante Dionysus. Depois dela, o caminho seguiu com Not Today, Fake Love, IDOL, e a mais recente, Boy With Luv – nós já podemos chamar a setlist de clássica, não é mesmo?

Os solos (um elemento superimportante dessa turnê) também ganharam destaque. Como superar o maknae Jungkook sobrevoando o público enquanto embalava Euphoria? Ou Jimin estourando sua bolha de plástico em Serendipity?

A todo instante, as luzes de milhares de lightsticks estavam sincronizados e deram um show à parte por todo o estádio. Compondo desenhos e frases, a army bomb iluminou mensagens de amor e carinho que jamais serão esquecidas por quem estava presente. Olha que perfeito:

Continua após a publicidade

Os últimos shows também introduziram alguns enigmas que alimentam as teorias e conceitos que sempre cercaram a trajetória do BTS. Nos intervalos, o VCR exibido nos telões deixou o fandom com a pulga atrás da orelha e, é claro que o ARMY já está tentando encaixar todas as pistas para resolver o quebra-cabeças que possivelmente está relacionado com o próximo comeback.

Nos minutos finais da apresentação do dia 29, todo mundo caiu em lágrimas para ouvir os discursos de agradecimento, isso também incluiu os membros do grupo. Jin chegou a se virar de costas para a platéia tentando ganhar fôlego para se recompor, enquanto RM chorou muito na hora de pronunciar suas palavras poderosas:

Enquanto cantavam Mikrokosmos, que seria a última faixa daquela noite, a mensagem foi reforçada por um balé aéreo de 300 drones que sobrevoaram o palco para formar a imagem do planeta terra e, em seguida, se transformando nos logos do BTS e do ARMY:

A turnê Love Yourself: Speak Yourself passou por 23 cidades, incluindo a capital paulista. Estima-se que cerca de 2,60 milhões de pessoas assistiram as 62 performances realizadas. Só em Seul, o BTS mobilizou mais de 130.000 fãs através dessas três apresentações. Logo após o encerramento oficial, o grupo fez questão de deixar alguns recados para o ARMY no Twitter:

“A razão pela qual podemos sorrir de forma tão brilhante é porque os ARMYs nos fizeram felizes”

Continua após a publicidade

“Estamos sorrindo assim graças a turnê que fizemos junto com vocês. Obrigado de verdade e, mais uma vez, quero dizer que eu amo vocês. Amo vocês”, escreveu Jimin.

Com o fim da era LY, o BTS completa com excelência o seu trabalho começado em 2018 com a trilogia de álbuns que liderou os maiores charts e plataformas de streaming. Incorporando à sua música um discurso que fala abertamente sobre amor próprio e aceitação, a passagem dos meninos pelo mundo trouxe inspiração e empoderamento para milhares de pessoas que jamais se esquecerão da experiência mágica que esse momento proporcionou. E, mesmo que saudade já esteja batendo forte, lembre-se das palavras que o integrante V deixou durante o seu discurso de encerramento: “Mesmo que tecnicamente este seja o último dia, eu não quero que o ARMY pense que foi a nossa última tour. Eu vou me sentir bem se vocês não pensarem assim”.

Continua após a publicidade

O ARMY também levantou a tag #ThankYouBTS com relatos incríveis para agradecer todo o esforço que o BTS sempre faz pelo fandom.

A CAPRICHO já está saudosista com o final dessa era, mas, assim como você, nós já estamos ansiosos pelas novidades que o grupo deve entregar ainda no começo de 2020.

Publicidade