Bruna Marquezine sobre polêmica de Manu Gavassi: “Não posso ser cobrada”

A cantora fez um comentário considerado racista no BBB20 e Bruna soltou o verbo sobre o assunto de novo...

Por Amábile Reis Atualizado em 2 abr 2020, 18h39 - Publicado em 2 abr 2020, 11h36
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Em fevereiro, Manu Gavassi fez um comentário considerado racista sobre Daniel e Marcela dentro do Big Brother Brasil. Ao observar o casal, a cantora disparou: “Para mim, casal que a cor combina, a cor das pessoas mesmo, é muito forte. É sério. Esteticamente falando vocês são extremamente agradáveis. Parabéns”. A fala incomodou casais birraciais e a hashtag #ManuRacista entrou nos trending topics do Twitter. 

Na época, Bruna Marquezine não passou pano para a BFF. A atriz concordou que o discurso da amiga foi equivocado e disse que, embora Manu não fosse racista, o pensamento expunha um racismo estrutural.

  • Agora, ao enfrentar o paredão contra Prior e Mari Gonzalez, essa história voltou à tona. E, mais uma vez, Bruna foi questionada sobre o tema. Como uma das maiores defensoras de #FicaManu, alguns fãs se incomodaram com o posicionamento da carioca por conta do episódio em questão.

    Continua após a publicidade

    View this post on Instagram

    #FicaManu Te amo, pequena. Tô com o dedo doendo de tanto votar. Bora focar na votação do @gshow, meu povo! Vai dar certo! #ForaPrior

    A post shared by Bruna Marquezine ♡ (@brunamarquezine) on

    Bru, então, deu um pisão. Ela explicou que já havia dado a sua opinião sobre o tema e não podia ser “responsabilizada ou cobrada” por erros alheios. Além de ser contra rotular alguém por um único erro. Confira:

    Reprodução/Reprodução

    “O meu papel de amiga e de cidadã está sendo e será feito”, encerrou. E aí, o que você achou?

    Continua após a publicidade
    Publicidade