BBB18: Wagner sabe que vai sair e está falando poucas e boas…

O brother assumiu a “vilania” e não poupou Kaysar de críticas

Por Amanda Caroline - Atualizado em 3 abr 2018, 11h40 - Publicado em 3 abr 2018, 08h05

Em um jogo de futebol, quando chega aos 45 minutos do segundo tempo e o placar marca 1×0, o time que está perdendo, geralmente, começa a fazer de tudo para tentar o empate. Todos vão para a área, os jogadores dão chutões, o goleiro sai do seu espaço para também tentar um gol… É o desespero.

Podemos comparar esta situação com o momento de Wagner no BBB18. O brother está no paredão com a família Lima, que é um time forte, e é esperto o suficiente para saber que vai ser eliminado nesta terça-feira. Mas ele não é do tipo que joga a toalha. O paranaense vai até o fim, mesmo que fazendo jogadas inúteis ou “suicidas”. O mais falso da edição sempre foi muito cauteloso ao dizer o que pensa. Porém, nos últimos dias, o artista plástico tem agido como um goleiro desesperado e descontrolado – e, para Wagner, marcar um gol é expor seus desafetos no confinamento e fazer com o que o público veja o mesmo que ele.

Seu alvo? Kaysar. Quem diria, né? Nunca houve o momento em que Wagner simpatizou com o sírio e vice-versa. Desde quando foi indicado por ele ao paredão, o boy da Gleici tem destilado o seu ~veneno de vilão~ sobre o Papagaio. No raio-x da última segunda-feira (2/4), o chamou de “gringo paspalhão que acha que BBB é teste de elenco para o Zorra Total” e acha que ele quer “confete”. Me perdoe, torcida do Kaysar, mas eu ri. Ao longo do dia, Wagner disparou outras pérolas, como “se um gringo ganhar o Big Brother Brasil, seria o fim dos tempos”.

Polêmico! Eu até acho engraçado o fato de alguém não ter medo de falar algumas verdades sobre o sírio – sim, ele é um personagem que, muitas vezes, passa do ponto – , mas não é porque ele não é brasileiro que não pode ganhar o reality. Isso tá escrito em qual regulamento, hein, Wagninho?

Continua após a publicidade
Reprodução/Globo

Como bom kamikaze, o emparedado também debochou do relacionamento de Kaysar com a princesa Jéssica. “Muito ridículo os dois agarradinhos”, comentou sobre o casal. Olha, se Wagner tivesse agido assim desde a primeira semana, diria que ele formaria um ótimo grupo com Patrícia, Ana Paula e Diego. Consigo imaginar os três trancafiados dentro de um quarto soltando pérolas maldosas sobre os demais. O inesquecível “trio mandinga” poderia ter sido um quarteto com a versão “doidinho” do Wagner… Pena, pois ele já estaria eliminado.

Apesar de amar tretas, fico feliz que o jogo de Wagner está chegando ao fim e sem perspectiva de prorrogação. O cara é o maior falso do BBB18 e já passou da hora dele. A única coisa ruim de sua eliminação é que ele vai desfalcar o lado da família Lima e Gleici. Ou seja, eles precisam da próxima liderança para ONTEM. Foco, força e fé!

Publicidade