BBB18: a produção do programa é a vilã responsável pelo tédio na casa | Capricho

BBB18: a produção do programa é a vilã responsável pelo tédio na casa

A reta final da edição está bem morna e não há surpresa que inflame o confinamento

Por Amanda Caroline 8 abr 2018, 09h22

Quando Tiago Leifert anunciou a “superquinta” e o “superdomingo” no BBB 18, o público criou muita expectativa em cima destes dias especiais. Afinal, estamos na reta final do jogo e espera-se que as surpresas deixem os brothers “recalculando rota”, como brinca Viegas. Ok, hoje o programa promete ser bem agitado, mas não é possível dizer que o combo Prova do Líder + formação de paredão na última quinta-feira (5/4) foi uma noite explosiva. Pelo contrário, os participantes já estavam até preparados para esta situação e nem a votação aberta foi capaz de tirá-los do foco.

Pensando bem, Diego, Patrícia e companhia não foram os vilões desta edição. Quem deixou o cabelo do pessoal de casa em pé foi a produção do reality show, que prometeu muito e decepcionou, falhou na realização de provas importantes e, pior, deixou o Jogo da Discórdia cair na monotonia e o tirou da gente quando mais queríamos ver o parquinho pegar fogo.

  • E não sou só eu que estou reclamando, viu? Até os brothers estão cansados da falta do que fazer! Deixá-los ociosos pode até ser proposital por ser estressante – e quando as pessoas estão estressadas, elas rendem VTs (rs) -, mas acho que chegamos no limite e não queremos que os sete times remanescentes continuem navegando em mar calmo até a final. Até a Gleici, que curte ficar quietinha e deitadinha na cama, está recorrendo ao imaginário para se distrair. Nesta madrugada, a acreana e Ana Clara fingiram que estavam recebendo recados especiais no Big Fone. Não está fácil pra ninguém…

    Reprodução/Globo

    Sou uma entusiasta de momentos que deixam os participantes com as emoções à flor da pele, como o retorno de Gleici ou uma prova de resistência que dura quase 30 horas. Mas não é preciso ir muito longe para entreter o público exigente. Acredito que está mais do que na hora do que enviar um ator cuja participação movimentaria o jogo ou trazer uma intercambista, como a italiana Elettra Lamborghini, que ficou tranquilíssima no BBB 17 e poderia fazer muito por nós neste momento. Já consigo imaginar o Kaysar reagindo a entrada de uma nova pessoa no confinamento. Céus!

    Com a provável saída de Viegas esta noite, o cerco vai apertar para muita gente. Todos são bem próximos e a possibilidade de ter que votar no coleguinha está mais perto do que nunca. Aí, migas… O tempo vai fechar! Imagino que os membros da “sétima aliança” estejam em casa comendo uma pipoquinha prontos para assistir a tempestade agitar a vida dos brothers. Por aqui, fazemos o mesmo – e seguimos torcendo pelas tretas.

    Alô, produção, nos ajude a te ajudar!

    Continua após a publicidade
    Publicidade