As gravações da 3ª temporada de 13 Reasons Why podem ser adiadas

Elas deveriam começar na segunda que vem, mas o elenco ainda está negociando aumentos no salário

Por Da Redação - 9 ago 2018, 15h11

A terceira temporada de 13 Reasons Why já está confirmada desde junho, mas as coisas podem demorar ainda mais para acontecer porque o elenco está buscando aumentos no salário, de acordo com o Deadline.

Segundo o site gringo, oito atores do elenco principal estão em negociações neste momento para receber aumentos, o que deve atrasar toda a produção uma vez que a primeira leitura do roteiro, por exemplo, já aconteceria nesta quinta-feira (09/08).

Algumas fontes contaram à publicação que os acordos em relação ao dinheiro ainda não foram fechados, o que pode impedir que tudo esteja pronto até segunda-feira que vem, quando a produção começa. Apesar disso, eles estão otimistas em relação ao resultado.

Se os atores conseguirem os aumentos, o salário de Dylan Minnette passa de $80 mil para $200 mil (R$762 mil, aproximadamente) por episódio e Brandon Flynn, Alisha Boe, Justin Prentice, Christian Navarro, Miles Heizer, Devin Druid e Ross Butler, que ganhavam entre $20 e $60 mil, passam a receber $150 mil (cerca de R$571,5 mil).

Tomara que eles se acertem logo para não ficarmos mais tempo ainda sem a série, né?

Continua após a publicidade
Publicidade