Arthur Aguiar e Mayra Cardi desabafam após terem doado cachorro

O casal precisou encontrar uma nova casa para Pipoca, que tinha problemas na bacia

Por Da Redação - Atualizado em 17 ago 2018, 11h53 - Publicado em 17 ago 2018, 11h50

Mayra Cardi decidiu explicar, em seus Stories, porque seu cachorro, o Pipoca, parou de aparecer em suas fotos. De acordo com a coach, o dog, que era praticamente seu “filho de quatro patas”, nasceu com um problema na bacia e acabou sendo doado a uma amiga do marido, Arthur Aguiar.

“O Pipoca ficou um tempo no spa fazendo fisioterapia. As fisioterapeutas disseram que ele tinha que fazer uma cirurgia e ele não podia ficar em piso de porcelanato. Ele brincava com Arthur e escorregava”, explicou Mayra, falando sobre o tipo de piso da casa onde mora com o marido.

https://www.instagram.com/p/BdvoINDHdni/?taken-by=pipocacardiaguiar

De acordo com ela, a única forma de poder manter a saúde do cachorro seria mudar para uma casa com quintal e um piso diferente, mas ela já estava grávida de Sophia, que deve nascer em breve. “A gente não tinha como fazer esse tipo de mudança agora e eu comecei a ficar apavorada com o Pipoca, final de contas, seria muito egoísmo da minha parte ficar com o cachorro dentro minha casa, judiando dele, só porque eu quero ficar com ele”, contou.

Então a solução que eles encontraram foi a de encontrar uma nova casa ao cachorrinho. “A gente tinha uma conhecida, uma amiga bem amiga do Arthur, a Thaís, que era apaixonada pelo Pipoca. Ela tinha três cachorros iguais a ele no quinta da casa dela, com quintal enorme, e ela pediu pra cuidar dele. Então, a gente tomou essa decisão dela cuidar dele, ela é apaixonada por ele”, explicou, contando ainda que o casal vive recebendo fotos e visitando o Pipoca.

Apesar das explicações, as declarações de Mayra acabaram gerando revolta de algumas pessoas nas redes sociais e Arthur também decidiu se manifestar. Ele criou um álbum no Instagram com textos explicando como se sentiu com toda a situação de ter que se despedido do cachorro.

Continua após a publicidade

“Confesso que num primeiro momento relutei muito. Sem querer eu fui egoísta. Amo o Pipoca e não queria abrir mão dele. Só que os dias foram passando e fui vendo o quanto estava sofrido pra ele estar ali. Ele passava horas deitado, pra levantar era uma dificuldade e mancava muito. Foi quando percebi que estava sendo muito egoísta. Só estava pesando em mim. No quando eu amava e queria ter um cachorro”, disse.

View this post on Instagram

Mesmo achando que eu deveria ter o direito de guardar pra mim as coisas que eu não quero dividir, eu percebo que não tenho esse direito. Estamos vivendo numa época CHATA pra cacete, onde todo mundo tá cheio de verdade absoluta e sabe de tudo! Falam com tanta certeza sobre coisas que elas não fazem a menor ideia que chega a ser assustador. Bom, já que não tenho esse direito, vamos lá!! Como escrevi um texto enorme pra explicar passo a passo de tudo que aconteceu, não coube aqui. Então, passa as fotos pro lado que eu contei a ÚNICA e VERDADEIRA história sobre o pipoca!! Leiam até o fim!!

A post shared by Arthur Aguiar (@arthuraguiar) on

Ele também respondeu as críticas que recebeu junto com a esposa por ter doado o cachorro a uma amiga. “Mesmo achando que eu deveria ter o direito de guardar pra mim as coisas que eu não quero dividir, eu percebo que não tenho esse direito. Estamos vivendo numa época CHATA, onde todo mundo tá cheio de verdade absoluta e sabe de tudo. Falam com tanta certeza sobre coisas que elas não fazem a menor ideia que chega a ser assustador”, desabafou.

Continua após a publicidade
Publicidade