7 provas de que a nova música de Katy Perry é sobre Taylor Swift

Analisamos a letra de Swish Swish trecho a trecho e garantimos: o shade é real!

Por Gabriela Zocchi - Atualizado em 20 Maio 2017, 19h29 - Publicado em 20 Maio 2017, 19h07

Na madrugada de sexta-feira (19), Katy Perry lançou Swish Swish, seu dueto com Nicki Minaj, e muita gente começou a especular que a faixa poderia ser uma resposta a Bad Blood, de Taylor Swift, que todo mundo sabe que é sobre a cantora. Quanto Katy foi perguntada se sua nova música era “sobre alguém que a gente conhece”, ela desconversou e disse apenas que era “para quando as pessoas estiverem tentando te rebaixar ou humilhar”.

Mas, apesar de não ~dar nome aos bois~, está bem claro que Swish Swish é, sim, sobre Taylor. Aqui a gente apresenta as maiores provas. Quer ver?

1. Tigre X Cordeiro

A música, que faz parte de Witness, o novo álbum de Katy, começa com o seguinte trecho:

“Um tigre
Não perde o sono
Não precisa de opiniões
De um interesseiro ou um cordeiro”

O tal do tigre é, claramente, uma referência a Katy, já que um de seus sucessos, Roar, fala exatamente sobre esse animal. Já o cordeiro pode ser considerado Taylor Swift. Vale lembrar que, em 2014, quando Bad Blood foi lançada, Katy simplesmente postou um tuíte que dizia “cuidado com a Regina George na pele de cordeiro”, dando a entender que a cantora parecia santinha, mas na verdade era como a vilã de Meninas Malvadas. Hmm…

2. Calculista quem?

A música continua assim:

“Você é calculista
Conheço seu número”

Acontece que os haters de Taylor sempre alegam que ela é uma pessoa que calcula todos os passos – e ela mesma já disse, em entrevista à revista GQ norte-americana, que odeia ser chamada de calculista. Ou seja, provocação perfeita, né?

Reprodução/YouTube

3. Super Bowl entrou na jogada

“Você é uma palhaça
E eu sou a rainha assassina
Você vai beijar o anel
É bom acreditar”

Aqui pode ter rolado um shade de leve. Alguns fãs acreditam que quando Katy diz “você vai beijar o anel” seria uma provocação ao fato de que Taylor nunca tocou no Super Bowl, o intervalo do campeonato de futebol americano. É que é tradição que os vencedores da partida ganhem um anel e, muitas vezes, os artistas responsáveis pelo show também levam um de recordação.

Olha o tigre aí de novo! Tom Pennington/Getty Images

4. A provocação não vai acabar

Continua após a publicidade

Na ponte, antes do refrão, Katy canta:

“Fique calma, querida, eu continuarei por perto
Por mais de um minuto, se acostume com isso
Engraçado que meu nome continua saindo de sua boca”

Acontece que, desde o lançamento de Bad Blood, sempre que Taylor Swift parece cutucar alguém a galera já liga ao nome de Katy. Fora isso, no ano passado, quando Tay terminou com Calvin Harris, o DJ surtou e postou uma série de tuítes acusando a cantora de ser interesseira. Um deles dizia: “eu sei que você não está em turnê e precisa de alguém novo para enterrar, tipo a Katy e etc, mas eu não sou esse cara”. Ele deu a entender que Taylor reclamava de Katy quando estava com ele, certo?

Reprodução/Twitter

5. Swifsh?

Aí, chegamos ao refrão:

“Swish, swish, bish”

O termo “swish” é usado quando um jogador consegue fazer cesta no basquete sem que a bola bata na tabela ou no aro. Acontece que “swish” também soa parecido com “Swift”, né? Ahá! Outra prova de que a palavra pode ser uma referência à loirinha é que o último álbum de Kanye West se chamaria assim antes de ganhar o nome de The Life of Pablo. Vale lembrar que é nesse disco que está Famous, aquela música machista em que o rapper critica Tay.

Reprodução/Tumblr

6. Cheia de recibos

Continua após a publicidade

“Seu jogo está acabando
Você deveria se aposentar
Você é tão fofa
Quanto um cupom expirado”

Os katycats garantem que este trecho é uma provocação à imagem supostamente desgastada de Taylor, que foi bastante criticada pela galera depois que Kim Kardashian divulgou a gravação de um telefonema em que a loira dizia “aprovar” a música Famous, de Kanye West.

View this post on Instagram

Taylor Swift on the line with Kanye discussing FAMOUS #kim #kimkardashian #kimkardashianwest #kimksnapchat #kimksnapchats #kimkardashiansnapchat #kkw #girls #beauty #london #paris #milan #newyork #la #miami #atlanta #snapchat #kimye #yeezy #tlop #pablo #studio #taylorswift #kanyewest

A post shared by MY MAKEUP TRENDS (@mymakeuptrends) on

A referência ao vídeo de Kim aparece ainda em outro trecho da música, quando Katy diz:

“O carma não é mentiroso
Ele guarda os recibos”

Os tais recibos seriam os vídeos de Kim, que provam tudo o que aconteceu entre Tay e Kanye.

Continua após a publicidade

7. Ruby Rose entregou o ouro?

Se alguém ainda não estava convencido de que Swish Swish era mesmo sobre Taylor, a amiga dela, a atriz Ruby Rose, fez questão de deixar bem claro ao criticar Katy em seu Twitter. Além de mandá-la tentar parar de fazer Witness acontecer, ela disse que teve “experiências de bullying com umas das pessoas envolvidas nessa música e obviamente não foi com a T”. T de Taylor, né?

Fotos/Getty Images

ENTENDA A TRETA:

Além de começar a namorar John Mayer depois que ele terminou com Taylor Swift, Katy Perry contratou três dançarinos que participaram da Red Tour para se juntarem à sua turnê. Taylor então teria ficado brava com a atitude da cantora, dizendo que ela tinha tentado sabotá-la, por isso escreveu Bad Blood.

Agora, vamos ser realistas? A gente até curte um barraco, mas ver duas mulheres brigando desse jeito é bem chato, né? Por que não deixar as mágoas para trás e seguir com a sororidade, hein Taylor e Katy?

Publicidade