Sinais da paixão

Para evitar um fora de graça, os meninos não saem falando logo de cara que estão a fim de uma garota. Tome nota dos sinais de interesse dos garotos por você!

Por Da Redação Atualizado em 24 ago 2016, 23h48 - Publicado em 17 dez 2015, 19h15

Abaixo você pode conferir algumas histórias que foram publicadas na revista e fazer um teste para saber se você entende os sinais que os garotos transmitem:

Dispensa a galera para fazer passeios a dois ou tenta encaixar você nos programas que ele faz com os amigos

“Estava a fim de uma menina do meu prédio fazia um tempo. Como tenho uma banda, convidei a Cláudia para ver a gente tocar. Nos beijamos antes, durante e depois do show. Agora, estamos namorando”, conta Renah Machado, 19 anos.

Inventa um apelido carinhoso que só ele usa

“Eu dava em cima de uma menina do meu colégio, mas ela vivia fazendo doce. Por causa disso, passei a chamá-la de Abelha e dei um chaveiro com o bichinho para ela. O legal é que ninguém entendia o apelido e a gente virou meio cúmplice um do outro, com um segredo só nosso. Aos poucos, ficamos cada vez mais juntos até o dia em que fomos a sós ao cinema e nos beijamos pela primeira vez”, diz Danilo Waideman, 15 anos.

Liga várias vezes por dia, sem nem ter assunto, tentando ficar mais perto

Essa tática ajuda até a reatar velhos rolos, como o do Gianni Gasparinetii, 16 anos. “Namorei a Lorenza por um tempo. Quando a gente terminou, eu sentia que dava para voltar e insisti nisso, ligando para ela direto. Daí, quando vi que era hora, mandei um buquê de lírios para a casa dela. Resultado? Namoramos por mais seis meses.” suas coisas e não devolve, só para poder puxar assunto, como fez Alan Liao, 17 anos. “Tirei o anel de uma menina bem no começo de uma festa. Falei que, quando ela fosse embora, eu devolveria. Foi perfeito. Ela dançava um pouco e logo voltava para falar comigo. Ficamos nisso a noite toda e, no fim, acabamos ficando.”

Fica olhando para você sem parar, louco para que seja percebido

A estratégia deu certo com Guilherme Cicarelli, 17 anos. “Fui passar uma semana em São Roque [SP]. Lá, conheci uma menina linda. Eu olhava direto para ela, às vezes até sem perceber. A gente ficou no terceiro dia.”

Continua após a publicidade
Publicidade