Os 10 maiores dramas na hora de comprar biquíni

'Ahh, quer saber? É muito sofrimento. Eu vou é pelada!' HEU

Por Isabella Otto Atualizado em 17 ago 2016, 18h03 - Publicado em 9 dez 2015, 19h30

Não importa se você é alto ou baixa, tem seios grandes ou pequenos, muitas ou poucas curvas. Encontrar o biquíni ideal, que valorize o seu corpo, é sempre uma saga. E, olha, certas vezes é tão difícil que poderíamos até chamá-la de Jogos Vorazes!

1. A cortininha não cobre todo o seio

E nem vem dizer que é só pegar um tamanho maior, porque, muitas vezes, isso

não é solução. O biquíni pode ser GG, mas a cortininha PP. Assim não adianta, né, migos?

2. O tomara-que-caia não segura

Você fica só na vontade.

3. A luz do provador não ajuda

Lojas, entendam, o mínimo que queremos é aquela luz que faz a gente parecer

mais bonita na roupa de banho. Pelo amor, né?

4. O biquíni é G, mas parece P

“Moça, tem certeza que isso aqui é tamanho G?”

5. Daí você pode montar o seu biquíni, contanto que as peças sejam do mesmo modelo

Continua após a publicidade

Errrr, buguei.

6. Como assim só tem modelo fio dental?

“Não sou obrigada.”

7. Você experimenta mil modelos, mas nenhum fica bom

ASSIM. FICA. DIFÍCIL.

8. Acha vários modelos lindos e estilizados, mas não compra por que imagina

a marquinha de sol depois, né?

Lindo, mas…….

9. Pera, só vende o conjunto? Não vende peças separadas?

Que ano é hoje, sabe? Como fazer se eu visto P em cima e M embaixo?!

10. Você finalmente acha um biquíni que fica ótimo no seu corpo e…

“Esse preço aqui está certo? Dois pedaços de pano por R$ 400? Me recuso.”

Continua após a publicidade
Publicidade