Oi? Cientista acredita que meteoro tenha infectado pessoas com coronavírus

Tem gente que acha que é histeria e tem gente que acha que é coisa de extraterrestre...

Por Isabella Otto - Atualizado em 18 mar 2020, 19h01 - Publicado em 18 mar 2020, 14h15
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Em meio a uma pandemia, é importantíssimo que a gente não produza nem compartilhe fake news – mas algumas matérias, por mais que flertem com a inveracidade, merecem se compartilhadas. É o caso desta aqui, que chega para te divertir um pouco no seu distanciamento social – ou, se você realmente achar que faz sentido, te fazer pesquisar. Quem somos nós, né?!

Alexandr Gnezdilov Light Painting/Getty Images

Um cientista de 81 anos chamado Chandra Wickramasinghe, professor na Universidade de Cardiff e professor honorário na Universidade de Buckingham, acredita que o vírus COVID-19 seja proveniente do espaço sideral, não de animais selvagens, como especialistas defendem.

Segundo Chandra, no dia 11 de outubro de 2019, um meteoro explodiu na China, do qual realmente há registros, e essa explosão liberou uma série de partículas infecciosas, que acabou infectando a população. O meteoro atingiu uma região do globo próxima à cidade de Wuhan, onde o primeiro caso de coronavírus foi detectado.

 

“Acreditamos que os agentes infecciosos são predominantes no espaço, transportados em cometas e que podem cair na direção da Terra através da troposfera”, explicou o professor em entrevista ao Daily Mail.

Além disso, o astrofísico, que adora estudar sobre ufologia, acredita que pandemias de outras doenças, como a gripe espanhola de 1918, que matou cerca de 50 milhões de pessoas, e a poliomielite, também possuem origens cósmicas. Apesar de curiosa (vai falar que não?!), a teoria do cientista é descartada por médios e pela OMS (Organização Mundial da Saúde), que justificam o novo coronavírus como uma variante de um vírus já existe, causador, por exemplo, da SARS, cujos hospedeiros de origem são morcegos.

Continua após a publicidade
Publicidade