O que tem na lista de leituras obrigatórias da Unicamp (além de Racionais)

Das 12 obras obrigatórias, apenas três são de mulheres. Uma delas é de Carolina Maria de Jesus, que escreveu 'Quarto de Despejo: O Diário de uma Favelada'.

Por Da Redação Atualizado em 24 Maio 2018, 11h14 - Publicado em 24 Maio 2018, 11h13

Na última quarta-feira, 23, a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) divulgou a lista de leituras obrigatórias para o vestibular 2020. Entre os destaques, encontra-se o álbum Sobrevivendo no Inferno, dos Racionais Mc’s. A notícia foi comemorada na internet por muitas pessoas, como pela jornalista Joana Treptow:

É claro que alguns se manifestaram contra, argumentando que os raps do grupo não podem ser considerados poesia. Para esses, a resposta foi, na maioria das vezes, a mesma: “coisa de elite é bom, coisa de favela é ruim. Me poupe!“, escreveu um usuário do Twitter.

Além de Racionais, a lista inclui nomes como Guimarães Rosa, Nelson Rodrigues e Machado de Assis. Vale destacar que das 12 leituras obrigatórias, apenas três são de mulheres.

Confira a lista completa abaixo:
1. Racionais Mc’s: Sobrevivendo no Inferno (poesia)
2. Luís de Camões: Sonetos (poesia)
3. Ana Cristina Cesar: A Teus Pés (poesia)
4. Guimarães Rosa: A Hora e a Vez, de Augusto Matraga, do livro Sagarana (contos)
5. Machado de Assis: O Espelho (contos)
6. Dias Gomes: O Bem Amado (teatro)
7. Júlia Lopes de Almeida: A Falência (romance)
8. Érico Veríssimo: Caminhos Cruzados (romance)
9. José Saramago: História do Cerco de Lisboa (romance)
10. Carolina Maria de Jesus: Quarto de Despejo (diário)
11. Nelson Rodrigues: A Cabra Vadia (crônica)
12. Antonio Vieira: Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1672; Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1673, aos 15 de fevereiro, dia da trasladação do mesmo Santo; e Sermão de Quarta-feira de Cinza – Para a Capela Real. (sermões)

 

Continua após a publicidade

Publicidade