Mulheres e “valores femininos” dominarão o mundo em 2030, afirma sociólogo

Mas, é importante reforçar mais uma vez, que não é sobre superioridade ;)

Por Isabella Otto - Atualizado em 19 nov 2019, 11h30 - Publicado em 19 nov 2019, 10h30

O sociólogo Domenico De Masi, de 81 anos, está lançando seu novo trabalho, um livro intitulado O Mundo Ainda é Jovem. A obra levanta questões atuais como igualdade de gênero e sexualidade. Após uma série de pesquisas e muito estudo, Domenico concluiu que, em 2030, as mulheres vão dominar o mundo!

Jacob Lund/Getty Images

Parece exagero, mas não é. Para o sociólogo, “em 2030, as mulheres viverão em média três anos a mais que os homens. 60% dos estudantes universitários, 60% dos graduados e 60% dos titulares de mestrado serão mulheres“, declarou em entrevista ao jornal O Globo.

Também foi explicado que “as mulheres estarão no centro do sistema social” e que “os valores ‘femininos’ (estética, subjetividade, emoção, flexibilidade) também terão colonizado os homens“, disse De Masi à publicação carioca.

A “previsão”, baseada em comportamentos sociais e estatísticas, repercutiu nas redes sociais. Algumas pessoas comemoraram, outras criticaram o posicionamento. Houve também aquelas que levaram a afirmação na zoeira e a transformaram em meme.

Continua após a publicidade

 

Vale destacar que as mulheres já são maioria em diversas áreas do conhecimento, como nas Ciências, segundo pesquisa da Cell Stem Cell, no empreendedorismo, segundo a Global Entrepreneurship Monitor, e no universo gamer, de acordo com a Pesquisa Games Brasil 2019. A disparidade, contudo, de oportunidades, inclusive de exercer cargos superiores, muito devido aos valores patriarcais da sociedade, faz com que os homens ainda sejam vistos como dominantes e/ou criem barreiras invisíveis para continuar nessa dominância.

Publicidade